SIGA O EM

TJMG recebe o quarto pedido de habeas corpus para Bruno

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) recebeu mais um pedido de habeas corpus para o goleiro Bruno Fernandes na tarde desta quarta-feira. Segundo Assessoria do TJMG, a solicitação foi encaminhada para a Corte Superior e será avaliada pelo desembargador Alberto Deodato.

O TJMG não soube informar quem entrou com o pedido. Essa é a quarta solicitação para conseguir a liberdade de Bruno. A primeira foi feita por e-mail e enviada ao fórum de Contagem, por um policial aposentado. O pedido foi negado pela juíza Marixa Rodrigues, por não ter como confirmar a identidade do autor.

O outro pedido de soltura, foi feito pelos advogados Ércio Quaresma Firpe e Claudineia Carla Calabund, que defendem o goleiro. Eles solicitaram a tutela antecipada (liminar), na tentativa de garantir que Bruno e mais cinco suspeitos, respondessem ao inquérito policial em liberdade, mas também foi negado. O terceiro habeas corpus foi solicitado por um cidadão baiano, nessa terça-feira, e arquivado no início da noite pelo desembargador Doorgal Andrada.

A Assessoria do Tribunal de Justiça está apurando um quinto pedido que teria sido feito também na tarde desta terça.

STJ

O advogado Ércio Quaresma entrou com um pedido no Superior Tribunal de Justiça (STJ) quando o TJMG negou a solicitação feita por ele. O ministro Hamilton Carvalhido, presidente interino do STJ, negou habeas corpus ao goleiro Bruno Fernandes das Dores de Souza, à Dayanne Rodrigues do Carmo de Souza, e Luiz Henrique Romão, o Macarrão. A decisão aconteceu no dia 16 de julho.