SIGA O EM

TJMG recebe mais um pedido de habeas corpus para Bruno

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 20/07/2010 16:04 / atualizado em 20/07/2010 16:13

João Henrique do Vale

Mais um pedido de habeas corpus a favor do goleiro Bruno foi pedido, na tarde desta terça-feira, no Tribunal de justiça de Minas Gerais (TJMG). O documento será analisado pelo desembargador Doorgal Andrada, que já havia recusado um pedido de soltura anteriormente.

Esse foi o terceiro pedido de habeas corpus a favor do jogador. O primeiro foi pedido por e-mail ao fórum de Contagem, por um policial aposentado, mas foi arquivado pela juíza Marixa Rodrigues, por não ter como confirmar a identidade do autor. O outro pedido de soltura, foi feito pelos advogados Ércio Quaresma Firpe e Claudineia Carla Calabund, que defendem o goleiro. Eles solicitaram a tutela antecipada (liminar), na tentativa de garantir que Bruno e mais cinco suspeitos, respondessem ao inquérito policial em liberdade, mas também foi negado.

Um outro habeas corpus foi pedido ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), em 13 de julho, mas também foi negado pelo ministro Hamilton Carvalhido, presidente interino do STJ, em 16 de julho. O advogado que entrou com o pedido, alegou que, Bruno Fernandes das Dores de Souza, Dayanne Rodrigues do Carmo de Souza, e Luiz Henrique Romão, o Macarrão, foram presos ilegalmente, interrogados sem advogado e mantidos incomunicáveis, o que caracteriza prisão arbitrária e em desacordo com os princípios constitucionais vigentes. Alegações que não foram aceitas pelo ministro.