SIGA O EM

Defesa pede relaxamento de prisão de ex-mulher de Bruno

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]
O advogado Walker Azevedo entrou, na tarde de segunda-feira, com um pedido de relaxamento de prisão para Dayanne Souza, ex-mulher do goleiro Bruno. Segundo a assessoria do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, a revogação ainda não foi analisada pela juíza Marixa Rodrigues, do 1º Tribunal de Júri de Contagem.

Em depoimento prestado na segunda-feira, Dayanne afirmou ter visto Eliza Samudio no sítio do goleiro Bruno, em Esmeraldas, na Grande BH, no dia 10 de junho. Durante depoimento realizado na sexta-feira, no Departamento de Investigações em Belo Horizonte, Dayanne afirmou ainda que Bruno pediu para que ela ficasse com o filho de Eliza porque ele iria viajar e a modelo havia saído para fazer compras.

Segundo as investigações, ela teria entregado o filho de Eliza para um casal esconder a criança e pode ser indiciada por subtração de incapaz. Dayanne está presa na Penitenciária Feminina Estevão Pinto, em BH, desde o dia 7 de julho.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Adriana
Adriana - 22 de Julho às 13:50
é muito trouxa essa tal daiana é traida com vagabundas e ainda vai presa por fazer parte da gangue de assassinos,retardadda vc vai pra prisão até vc se cansar e deixar de ser besta e botar a boca no trombone,falava tudo que sabia pq assim vc lavava sua horra
 
dailton
dailton - 20 de Julho às 21:47
a única coisa que pode relaxar neste momento é seu intestino, mulherzinha igual a falecida. Esposa sem caráter e sem amor próprio ajudando a guangue do maridão a dar cabo das amantes. Tem que apodrecer lá. Só peço a DEUS para livrar as filhas do exemplo dos pais.
 
renato
renato - 20 de Julho às 18:02
apoiou bruno enquanto era pobre e a vida inteira. Quando ficou rico, largou ela. Agora vai presa! De todos pode ser a que tem menos culpa. Mas está ocultando informações!poderia colaborar mais!
 
Marcus
Marcus - 20 de Julho às 17:56
Marcos Carvalho, tenho saudade do MOBRAL.Vai escrever errado la em Ribeirao das Neves.Propio,Serto,Criaca,enchegar, vai aprender a escrever meu filho.Volta para a escola.
 
andrea
andrea - 20 de Julho às 17:52
Nossa Marcelo, voce nem sabe o que aconteceu como chama o Bruno de marginal , ele vai ser inocentado.
 
Marcos
Marcos - 20 de Julho às 17:11
Veja a incoerencia no seu propio depoimento. Bruno entrega a crianca a ela e diz que vai viaja serto? o que faz ela? entrega a crianca para um casal esconder! por que se o seu marido disse q a mae da criaca estava fazendo compras! Sera que so eu consigo enchergar esta falha? Hum ai tem viu ai tem.
 
Marcelo
Marcelo - 20 de Julho às 16:53
Esta pobre coitada entrou numa fria tremenda. O sonho de ter uma vida folgada e possibilidade de criar a familia bem melhor do que foi criada; desapareceu ao se casar com um marginal. Bruno é um marginal inconsequente e é dificil acreditar que ainda tinha patrocinio de empresas !