SIGA O EM

Advogado quer atendimento médico para "Bola" na penitenciária

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

Euler Junior/EM/D.A Press

O advogado Zanone Manuel de Oliveira, defensor do ex-policial civil, Marcos Aparecido dos Santos, acusado de matar Eliza Samudio pediu nesta terça-feira um atendimento médico para o cliente. Segundo Zanone, “Bola” apresentou dores no peito e estaria com suspeitas de princípio de pneumonia.

O advogado disse que já entrou com pedido na Justiça, para que seja liberada a ida de “Bola” a um hospital ou que enviem um atendimento médico especializado na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem.

Mandado de segurança

A juíza Marixa Rodrigues, do 1º Tribunal do Júri de Contagem, negou, na tarde desta terça-feira, o pedido de mandado de segurança feito pelo advogado, Zanone Manoel de Oliveira Júnior, contra o chefe do Departamento de Investigações (DI), delegado Edson Moreira. No documento, o advogado, que defende Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, queria garantias legais para seu cliente não prestar depoimento e não participar de reconstituição no caso do desaparecimento de Eliza Samudio.