SIGA O EM

STJ nega pedido de habeas corpus a envolvidos no sumiço de Eliza

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 20/07/2010 11:11 / atualizado em 20/07/2010 11:38

Cíntia Neves /TV Alterosa

O ministro Hamilton Carvalhido, presidente interino do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou habeas corpus ao goleiro Bruno Fernandes das Dores de Souza, à Dayanne Rodrigues do Carmo de Souza, e Luiz Henrique Romão, o Macarrão. A decisão do STJ é do dia 16 de julho, mas só foi divulgada na tarde de segunda-feira.

Segundo o ministro Hamilton Carvalhido, o advogado que entrou com pedido de habeas corpus, Marcos Rogério Baptista, inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seção do Pará, baseou-se em recortes de jornais para pedir a libertação de Bruno Fernandes, Luiz Henrique Ferreira Romão e Dayanne Rodrigues.

Segundo o STJ, o pedido foi apresentado no dia 13 de julho. O advogado alegou que os três foram presos ilegalmente, interrogados sem advogado e mantidos incomunicáveis, o que caracteriza prisão arbitrária e em desacordo com os princípios constitucionais vigentes.

Essas alegações não foram aceitas pelo ministro. A decisão do STJ deve ser publicada no dia 5 de agosto no Diário Oficial da União.

Confira o especial caso Bruno
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
hermes
hermes - 20 de Julho às 18:42
Jornalismo é difícil. Só cabe HC ao STJ de acordão de 2a Instância, logo, o HC sequer será conhecido. É lamentável como a falta de conhecimento, leva a essas estorinhas.
 
filomena
filomena - 20 de Julho às 18:34
Eu sei que e obrigacao do advogado defender qualquer pesoa inocente or culpado, portanto nao critique tantos os advogados, esse e meio de vida deles. Os tribunais tem demorado muito a fazer justica a irma missionaria assassinada pelos montros da corrupcao. Ela esta no paraiso. E martir.
 
filomena
filomena - 20 de Julho às 18:29
Bravo STJ ! O crime e por demais hediondo para se deixar livre esses suspeitos. E bom mostrar para esses com intentos criminosos que a justica os perseguira.
 
Marcos
Marcos - 20 de Julho às 17:28
A monha querida Adriana de novo ta mostrando os defeitos da policia, mas ela nao consegui provar que o Bruno e inocente! Mas eu a entendo e ja estou achando q seu nome nao e Adriana e sim na verdade e Eliza. So assim explica a defesa desesperada.
 
Teodoro
Teodoro - 20 de Julho às 14:19
ACREDITO QUE O BRUNO TENHA ALGUMA COISA HAVER COM O CASO, MAS COM ESTE ADVOGADO QUE ELE ARRUMOU ELE VAI SE ENRROLAR CADA VEZ MAIS.
 
Adriana
Adriana - 20 de Julho às 12:54
http://noticias.uol.com.br/cotidiano/2010 /07/2 0/laudo-aponta-mentiras-em-entrevista-de- deleg ada-afastada-do-caso-bruno.jhtm 20/07/2010 - 08h59 Laudo aponta mentiras em entrevista de delegada afastada do caso Bruno
 
mardos
mardos - 20 de Julho às 12:29
Que a consciência de cada um seja seu juiz, prostitutas, traficantes, advogados mercenários, assassinos, políticos, todos tem mãe, família, irmão , alguém q o ama, todos tem algo em comum, são seres humanos
 
mardos
mardos - 20 de Julho às 12:29
hipócritas são aqueles q usam dois peso e duas medidas, condenam uma vitima e absolvem seus algozes
 
Adalberto
Adalberto - 20 de Julho às 12:20
Sacanagem ... todos nós temos direito de ir e vir, por que ficarem presos se tem residencia fixa, bons antecedentes e primários?
 
mardos
mardos - 20 de Julho às 12:14
To fora, cansei de BIG SHOW, não ganho nenhum centavo com isso, admiro o trabalho da policia, acho hediondo o trabalho da defesa e de seus asseclas que fazem tudo por dinheiro, Pessoas que a muito tempo esqueceram os valores da alma e se guiam pelo desejo da matéria
 
mardos
mardos - 20 de Julho às 12:13
Algumas pessoas aqui neste fórum vivem deste tipo de energia negativa se alimentam disso como parasitas vivendo a vida de terceiros, ainda q esta vida seja algo maléfico e mal direcionada
 
mardos
mardos - 20 de Julho às 12:12
Acho muito interessante o desejo de participar, mudar, ajustar e de obter justiça, os fatos são inegáveis, quem cala consente, e por que se calar se existe alguma verdade para se gritar, mas tudo isso cabe aos envolvidos, minha vida é muito maior e melhor do que esta tragédia
 
mardos
mardos - 20 de Julho às 12:12
E como disse não ganho nada com isso, portanto me abstenho de investir ou melhor gastar parte de meu tempo com esta historia nojenta escrita por personagens, autores de mentalidade curta e vida obscura
 
mardos
mardos - 20 de Julho às 12:11
Alerto a vcs participantes deste fórum para que formem suas opiniões fundamentado no bom senso, no exercício de seu discernimento pessoal, não se deixem levar por textos de pessoas tendenciosas, que insistem em disseminar pontos de vista parcial, como mercenários em causa própria.
 
mardos
mardos - 20 de Julho às 12:11
Portanto se cuidem, vivam suas vidas, pois acredito q a historia pessoal de cada um tem muito mais luz do que toda treva que envolvem estes fatos, abraços a todos.
 
Adriana
Adriana - 20 de Julho às 11:56
AP Barbosa ATE VC PODE ENTRAR COM O PEDIDO DE HC.QUALQUER PESSOA.
 
Adriana
Adriana - 20 de Julho às 11:54
PARA QUEM NAO SABE O ADVOGADO E DO PARA,NAO TEM NADA A VER COM O CASO
 
FAUSTÃO
FAUSTÃO - 20 de Julho às 11:51
AI EU FICO ME PERGUNTANDO, O CAMARADA ACABA DE DEFENDER UM FAZEDEIRO QUE ESTA SENDO JULGADO PELA MORTE DE UMA MISSIONARIA DE IDADE NO MESMO ESTADO DE ONDE SAI O PEDIDO DO HABEAS E ISTO NÃO E COISA DELE NÃO? KKKK ESTE CAMARADA TA QUERENDO ELEVAR O IBOPE DO CASO..
 
AP
AP - 20 de Julho às 11:33
Nem argumento para pedir HC os advogados tem. Se basear em recortes de jornais, usar advogado do Pará? Devem achar que a corte do STJ é baixo nível como eles.