SIGA O EM

Vídeo de Bruno em avião revolta juristas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 268632, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'REPRODUCAO DA INTERNET/Estado de Minas', 'link': '', 'legenda': 'Advogados dizem que imagens clandestinas do atleta algemado, feitas no avi\xe3o da pol\xedcia, representam crime', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2010/07/20/169708/20100720070348346854o.jpg', 'alinhamento': 'right', 'descricao': None}]

postado em 20/07/2010 06:35 / atualizado em 20/07/2010 07:03

Ernesto Braga

REPRODUCAO DA INTERNET/Estado de Minas
Os responsáveis pela gravação e vazamento das imagens do goleiro Bruno Fernandes Souza, feitas de forma clandestina enquanto o atleta era transportado no avião da Polícia Civil mineira, algemado, do Rio para Belo Horizonte, no dia 8, poderão responder pelos crimes de prevaricação e fraude processual. A avaliação é do criminalista Antônio Francisco Patente, ex-procurador de Justiça. Sindicância foi aberta pela Corregedoria-geral da polícia para apontar quem fez a filmagem do acusado de envolvimento no suposto assassinato da modelo Eliza Samudio. Mas, para o presidente da Comissão de Assuntos Penitenciários da Ordem dos Advogados do Brasil, seção Minas Gerais (OAB-MG), Adilson Rocha, todos os servidores que estavam na aeronave devem ser indiciados.

“É um avião pequeno (nove lugares) e todos que estavam ali naquele momento sabiam que o vídeo estava sendo gravado. O que fizeram foi um atentado ao estado de direito, filmar uma pessoa algemada, sem que ela tivesse conhecimento, e dar publicidade a essa filmagem. Foi uma atitude arbitrária e criminosa”, criticou Adilson Rocha. De acordo com ele, a Polícia Civil jamais poderia fazer a gravação sem o consentimento de Bruno. “Se a Justiça tivesse autorizado a gravação, para fazer o que chamamos de interceptação ambiental, ela poderia ser usada como meio prova. Mas teria de ser sigilosa, e jamais ser repassada a uma emissora de TV”, disse o advogado.

O criminalista Antônio Patente ressalta que a gravação foi “ilícita e clandestina” e que não tem valor como prova. “A partir do momento em que a pessoa é presa, ela passa a ficar sob a custódia do Estado. Todas as declarações prestadas pelo preso a partir de então não podem ser colhidas de forma dissimulada ou sem o seu conhecimento. É um direito assegurado a todos nós”, afirmou. A irregularidade cometida dentro do avião da Polícia Civil, segundo o especialista, pode configurar prevaricação (ato praticado por funcionário público contra a administração), com pena prevista de três meses a um ano, além de multa; e fraude processual (por atrapalhar o inquérito policial), que prevê detenção de três meses a dois anos, além de multa.

O criminalista criticou o que ele chamou de “espetacularização do crime” por parte da imprensa. “Ela não faz bem à sociedade. A imprensa tem o direito de informar, mas quando coloca em evidência apenas os detalhes sórdidos, acaba formando juízo na sociedade”, disse.

Além do afastamento das delegadas Alessandra Wilke, que presidia o inquérito que investiga a morte de Eliza, e da chefe da Delegacia de Homicídios de Contagem, Ana Maria Santos – ambas estavam no avião que transportou Bruno –, o chefe da Polícia Civil, delegado Marco Antônio Monteiro, determinou que a Corregedoria-geral da corporação apure, com prazo de 48 horas, quem são os responsáveis pela filmagem e vazamento do vídeo.

Confira o especial Caso Bruno
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
fernanda
fernanda - 07 de Agosto às 22:35
eu não acredito que foi o bruno q matou a eliza,precisamos de provas concretas,por q devido as acusacões feitas por eliza de outras brigas tornaram o bruno o principal suspeito;e bom deixar claro q ele e suspeito não podemos acusar ninguem sem provas pois poderemos estar comentendo uma grande injusta
 
Frederico
Frederico - 22 de Julho às 15:13
O caso está tão confuso que "os jornalistas, magistrados do TRIBUNAL DE EXCEÇÃO", estão mudando o discurso e, atualmente dizem não saber quem é culpado e se houve mesmo algum crime.... De certo, ao final, não haverá ninguém sorrindo, embora um dos recolhido à prisão tenha dito que iria sorrir.
 
Frederico
Frederico - 22 de Julho às 15:08
Quero que alguém me responda, por gentileza! Houve crime? Qual ou quais foram? Quem são os partícipes? A carta Magna garante a presunção de estado de inocência ou permite-se presumir culpa? Como será o amanhã se formos acusados injustamente? poderão utilizar o aludido TRIBUNAL DE EXCEÇÃO da imprensa?
 
Frederico
Frederico - 22 de Julho às 15:04
Não irei dizer que foram os holofotes que interferiram nas investigações, contudo, percebe-se que, algumas autoridades deixaram de lado a ética para pré-julgar e, em conjunto com o Tribunal de exceção criado pela imprensa, condenaram todos aqueles que supostamente teriam envolvimento num crime.
 
Frederico
Frederico - 22 de Julho às 15:00
Pessoal, muito me preocupa a forma da investigação e, ao que parece, tornou-se questão de honra indicar culpados. Infelizmente houve vários equívocos e, agora, estão tentando a todo custo apresentar "criminosos". Sinceramente, com o que foi apresentado de concreto, não existe como imputar culpa.
 
Frederico
Frederico - 22 de Julho às 14:55
Boa tarde, tenho acompanhado todos os comentários acerca do tema, desde que sejam elaborados por pessoas que possuem um conhecimento mínino do Direito Penal e Processual Penal Brasileiro. Não quer dizer que os demais não mereçam crédito, mas prefiro debater sob uma ótica lógica ante ao CP e CPP.
 
Claret
Claret - 21 de Julho às 18:39
(...) Prejudicados estariam sendo, isso sim, TODOS os cidadãos comuns que são obrigados a se sujeitar a esses prazos se o Bruno saísse agora e tivesse um tratamento diverso ao deles.
 
Claret
Claret - 21 de Julho às 18:39
(...)de 6 meses de cautelar (art. 8º), sendo a ÚNICA lei com prazo determinado de maneira expressa. Por isso não digam, POR FAVOR, que ele está sendo prejudicado. (cont.)
 
Claret
Claret - 21 de Julho às 18:38
Quanto ao prazo do inquérito, ele pode ser flexibilizado, de acordo com a complexidade do caso. Tanto que, apesar da soma dos prazos processuais previstos em lei ser de 81 dias na maioria dos casos e, em outros, até 115 dias, a lei dos crimes hediondos prevê um prazo (cont)
 
Claret
Claret - 21 de Julho às 18:36
(...) se não houvesse vazado, estariam os dados dele fazendo parte do inquérito, tranquilamente, como "informações anônimas" ou algo do gênero. AGORA, não poderão ser aproveitados. E só é considerado que 'vazou' porque foi pra TV, senão seria mentira de qualquer advogado que alegasse isso. (cont .)
 
Claret
Claret - 21 de Julho às 18:35
Fazer o que? Esse é um país da impunidade. O problema não é a ausência de lei, mas a capacidade de utilização. Para se ter uma idéia, o que preocupa os juristas, na verdade, é o VAZAMENTO do vídeo, não a sua confecção. E, essa sim, talvez tenha sido a atitude verdadeiramente ilegal: (cont.)
 
Marcio
Marcio - 21 de Julho às 11:56
Alguém sabe qual é o récorde de comentários... 105....nuuuuu... Só o plin plin aparecer que a coisa ficou ainda maior...
 
Domingos
Domingos - 21 de Julho às 09:49
Legal os comentários, democracia é isso. No entanto, um ou outro deveria ser mais comedido no uso das palavras, ofensa não leva e lugar algum, palavras chulas empobrecem o debate. Da história devemos tirar proveito e exigir novos códigos Penal e de Processo Penal, nossas leis são muito brandas...
 
adão
adão - 21 de Julho às 09:36
Tem que gravar mesmo e mostrar pra todo mundo, ficamos nós aqui feito tontos, e os mala fazendo joguinho. Esses malas sabem de muita coisa, esse "bola" tem muito serviço a dar, por cima desse macarrão tem molho, nesse coxinha tem pimenta. Chega de gracinha, pau nessa galera que cantam direitinho.
 
adão
adão - 21 de Julho às 09:24
Video clandestino uma pinóia, esse avião é da PCMG, do povo mineiro, deviam era cobrar as despesas do vôo. Tinham que gravar mesmo, e todo mundo tem que ver, ouvir, analisar. O Avião é um bem publico, temos o direito de saber o que acontece dentro dele. Se não grava esse mala ia dizer que apanhou
 
julio
julio - 21 de Julho às 08:49
A policia do Sr. Aecio e Anestesia estão desmoralizadas,primeiro contrataram um matador profissional para treinar a PC, a policia militar envolvida com o bando da degola,delegadas vendem video para a Globo para complementar os baixos salarios,fora esta tucanalha sem pulço e sem comando.
 
Frederico
Frederico - 20 de Julho às 22:45
Os jornalistas deveriam ter um pouco mais de cuidado com as informações repassadas, pois criaram um Tribunal de exceção e julgaram os suspeitos antes mesmo de um indiciamento formal. Isso, definitivamente não é justiça, independentemente de quem seja. Um abraço a todos.
 
Frederico
Frederico - 20 de Julho às 22:41
Pessoal, se legitimarmos a ação policial da forma que se apresenta, estaremos pactuando com uma total afronta a diversas garantias constitucionais. Não devemos proteger criminosos, mas exigir uma apuração imparcial e sem vícios, pois somente assim aproximaremos da tão falada justiça.
 
Frederico
Frederico - 20 de Julho às 22:37
Olá amigos, não posso deixar de mencionar que, hoje somos pessoas de "bem" e amanhã, por infelicidade, poderemos estar sendo julgado pelo TRIBUNAL DE EXCEÇÃO, que fora criado pela imprensa e legitimado por boa parte da nação brasileira. Ora, a carta magna garante a presunção de inocência.........
 
Frederico
Frederico - 20 de Julho às 22:33
Boa noite, infelizmente existe uma série de erros no inquérito policial e as autoridades estão preocupadas muito mais em aparecer para a imprensa que efetivamente resolver as controvérsias. O descrédito nas autoridades é imenso e a instituição, PCMG, ficará maculada por longos anos.
 
Neuza
Neuza - 20 de Julho às 17:52
Idem Andrea, e muito!
 
andrea
andrea - 20 de Julho às 17:44
Estou torcendo para que o Bruno saia inocente do caso.
 
Douglas
Douglas - 20 de Julho às 17:05
Alexandre Moaes, não foi a Band que recebeu a carta. Quando vc for um jornalista profissional, com um mínimo de experiência, saberá como as coisas podem ser melhor conduzidas.
 
Douglas
Douglas - 20 de Julho às 17:02
O ato de negociação destas imagens foi um crime, como já dito na matéria. Tanto quem ofereceu dinheiro quanto quem cedeu o video podem ser considerados corruptos. Foi propina. Como aconteceem em Brasília, no caso do Arruda. A Globo também tem que ser responsabilizada e penalizada na justiça.
 
manuella
manuella - 20 de Julho às 15:45
É bom não esquecer o caso CLEVES.Como acreditar numa polícia que condecorava o BOLA?Agora vamos ver se os ensinamentos do Bola mereceu uma medalhada dada pela polícia.Esse moreira deveria aproveitar e pedir pra sair...ele tem "Rabo preso".Eita polícia mineira....
 
Flávia
Flávia - 20 de Julho às 14:49
E a Globo, que pagou pelo vídeo (provavelmente encomendou e orientou sobre como proceder) e que tem grande interesse na espetacularização da investigação de crimes como esse, qual a responsabilização que lhe cabe?
 
Daniel
Daniel - 20 de Julho às 14:45
Como acreditar em um depoimento que já mudou 3x e pode mudar mais? Ainda não existem provas de que ela está morta, isso é fato. De uma mulher que engravida por dinheiro, pode-se esperar tudo! Qto ao vídeo, não só os que gravaram tem que ser processados, mas tb a rede globo, que o comprou e veiculou.
 
Daniel
Daniel - 20 de Julho às 14:28
O video aloprado ainda coloca o Bruno na condição de vítima. PArabéns!!! Vocês deveriam comandar a seleção brasileira!!! É o dunga fazendo escola na polícia.
 
Daniel
Daniel - 20 de Julho às 14:26
Eu queria saber o porquê de até agora não se chegou à conclusão sobre o inquérito que o "Doutô" presidente do inquérito responde ??? Tinha que perder o cargo, depois não se sabe o porquê de tanta prisão que não resulta em condenação.
 
Daniel
Daniel - 20 de Julho às 14:24
Essa polícia civil de Minas deveria escrever contos policiais. É uma delegada singular, singular em sua capacidade. O outro delegado chefe, não consegue sequer uma comunicação básica de sujeito, verbo e predicado. Imagina o que não fizeram com o menor para falar ?? As 10 versões de interrogatório.
 
Marcelo
Marcelo - 20 de Julho às 14:13
Acho tbm que ele volta e que a nossa segurança pública está sendo desmascarada.
 
joao
joao - 20 de Julho às 13:52
JÁ ESTOU ATÉ OUVINDO "OOOOOOOOOOOOO O BRUNO VOLTOOOOOOOOOOO O BRUNO VOLTOOOOOOOOOOO" KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK. 2 DELEGADAS BURRA SOBRE A ORIENTAÇÃO DE UM DELEGADO QUASE EX-CACHACEIRO AAAAAAAAAAAAHAHAHAH. ISSO É O BRASILLLLL
 
niemeyer
niemeyer - 20 de Julho às 13:28
Algumas coisas certas, outras erradas. Delegados querendo aparecer mais que os "autores" é um grande erro. Devemos melhorar muito nossas investigações.
 
Adriana
Adriana - 20 de Julho às 13:21
a globo pagou 70 mil pelos videos
 
Adriana
Adriana - 20 de Julho às 13:20
http://noticias.uol.com.br/cotidiano/2010 /07/2 0/laudo-aponta-mentiras-em-entrevista-de- deleg ada-afastada-do-caso-bruno.jhtm 20/07/2010 - 08h59 Laudo aponta mentiras em entrevista de delegada afastada do caso Bruno
 
Luis
Luis - 20 de Julho às 12:24
Censura já!! Sejamos contra os abusos da "Liberdade da Imprensa"! Crime comum ou hediondo cometido por celebridade é crime do mesmo jeito. A "Liberdade de Impresnsa" transformou um crime é um Reality Show tão tosco quanto BBB ou Casa dos Artistas!!
 
Luis
Luis - 20 de Julho às 12:05
O único fato concreto provado até agora é que Eliza está desaparecida. A Polícia errou, e a imprensa está errando muito mais. Será que um furo vale mais que uma investigação?
 
Marcelo
Marcelo - 20 de Julho às 11:55
Eles vem cometendo abusos claros contra os acusados. Deixam vazar informações que são depois desmentidas e jogam a opinião pública contra o Bruno. Ora, isto não é trabalho policial e linxamento público de acusados ! É repito, tem que apurar se a rede Globo pagou pela fita.
 
Marcelo
Marcelo - 20 de Julho às 11:47
Agora gravar clandestinamente um indiciado quem nem foi acusado formalmente e ainda entregar, via algum pagamento que certamente deve ter existido, para a rede Globo é um crime vergonhoso. É preciso apurar tambem se ouve algum pagamento feito pela Globo !!! Da nojo esta policia civil mineira!
 
itamar
itamar - 20 de Julho às 11:45
Alexandre, pelo jeito nem com 10 de estudo vc conseguiu a educação, então estude mais 20 anos quem sabe um dia vc consegue, a minha educação é somente pra quem me trata com educação, eu respondo da mesma altura!!
 
Marcelo
Marcelo - 20 de Julho às 11:44
O que esperar de uma policia que tinha o Bola como treinado de equipe de elite ? Não é de hoje que a policia civil mineira comete crime e abusos; Este caso da filmagem é apenas mais um entre outros. Como explicar, por exemplo, que lojas de jogo de bicho e maquinas caça niqueis continuem existindo ?
 
alexandre
alexandre - 20 de Julho às 11:24
iTAMAR, NÃO TINHA VISTO SUAS ULTIMAS OFENSAS. MAS O QUE TENHO DO SENHOR É PENA! QUANTO À EU NÃO SER NADA , GRAÇAS A DEUS VOCE ESTA MUITO ENGANADO! POR SUAS PALAVRAS LHE FALTAM AO MENOS MAIS 10 ANOS DE ESTUDO PARA CHEGARMOS ACONVERSAR NO MESMO NIVEL!
 
MARCELO
MARCELO - 20 de Julho às 11:24
Essa gravaçao ta cheirando uma carta na manga da policia. Eles simplesmente irao mostrar aos reus para que eles se sintam traidos.
 
carlos
carlos - 20 de Julho às 11:21
pode ter gravado aquelas imagens e ainda entregar para a tv globo??? Aquilo é crime praticado por funcionario público no exercicio da função! Está previsto no código penal. A verdade é que a plicia civil mineira esta demonstrando muito amadorismo ainda! É uma pena!!!
 
GUILHERME
GUILHERME - 20 de Julho às 11:18
Nossa este Adirson Rocha deve ser comparssa de bandidos so por uma gravacao faz maior baraco amigo por isto o Brasil nao vai para frente vem direitos humanos ,OAB ,Politicos temos que acabar com esta privacidade nao tampar o sol com a peneira qualquer imformacao ja e um inicio para justificativa
 
carlos
carlos - 20 de Julho às 11:18
Srs, é preciso ter um pouco de paciencia, pois a policia está investigando e em breve vai enviar o Inquerito Policial para que o MP faça a denuncia dos acusados e vai provar ou nao a existencia do crime e sua autoria. Agora o que é preocupante é o amadorismo da PC de Minas Gerais. Meus Deus!! Como...
 
Marcos
Marcos - 20 de Julho às 11:15
Só estou querendo saber o valor (em reais) desse vídeo e quem recebeu. Quanto à Globo, todos sabemos, se julga o quarto poder do nosso país.
 
alexandre
alexandre - 20 de Julho às 11:13
Srº Itamar , outar pegunta : o que seria prova concreta, apenas o corpo? e se cremaram?Para mim ja não importa quem a executou e sim toda a trama que a levou a morte.Se ele estiver viva fazendo compras dou meu braço a torcer , o senhor acha possivel isso?
 
alexandre
alexandre - 20 de Julho às 11:09
Srº Itamar, Quem sou eu para condenar, quem condena é a justiça .Dou apeans a minha opnião ,esse forum para isso. Me permita uma pergunta. Por que as prorpias pessoas que viviam do dinheiro do bruno estão contando essas historias com riqueza de detalhes? alucinação?
 
itamar
itamar - 20 de Julho às 11:09
Resumindo essa alexandre é um retardo que vê muito filmes americanos de ação e quer fazer justiça com as proprias mãos,vai lá o JUSTIÇEIRO e mata todos, vc deve ser muito correto, né seu imbecil!isso dever ser é um babacão mesmo viu, voz da verdade senhor da razão!!!
 
itamar
itamar - 20 de Julho às 10:58
seu alexandre,são as palavras de um contra a do outro, e isso não prova nada, todos são incocentes enquanto não há provas concretas, só que o senhor ja julgou e condenou todos, vc é Deus para condena-los, deixem as investigações acabarem primeiro, para o vc fazer suas conclusões!!!
 
itamar
itamar - 20 de Julho às 10:41
Marina quer me ensinar a ler?Se vc for uma gracinha até que eu topo!!Brincadeira hein!Só estou querendo dizer que não admito pessoas que formam opniões atraves da imprensa,como é o caso do senhor alexandre moraes, que julga sendo que a propria policia não tem certeza de nada!
 
Adalberto
Adalberto - 20 de Julho às 10:39
O menor disse que mataram. Encontram sangue da vítima. Bruno já desconfia do amigo. Ainda dizem que não há provas pra condenar? Fácil agora... Levar os corpos pro crematório ou coisa parecida e jamais poderá ser condenado, mesmo se alguem assistir. Que justiça a nossa!!! Existirá apenas a DIVINA???
 
alexandre
alexandre - 20 de Julho às 10:38
Caros , QUE não perdoam erros de digitação , para satisfazer vocês: MENINA! digitei também"REVITEI" ao invés de REVIDEI! digam mais nobres senhores!
 
ely
ely - 20 de Julho às 10:35
tem gente que mete o pau na imprensa, mas ai de nos se nao fosse a imprensa. O maniaco do parque estaria solto, o de contagem idem, assassinos da miriam continuariam sendo pastores de igreja, e por ai vai. voces pensam que se a imprensa nao estivesse noticiando esse caso, teria alguem preso?
 
Antonio
Antonio - 20 de Julho às 10:34
Ficou mais uma vez comprovado que a PCMG não tem competência, eficiencia, preparo, isenção, credibilidade... etc, para conduzir grandes trabalhos. E eu fico triste com tudo isso, pois o brasil inteiro acha que PM é o espelho da PC. Mas saberam da VERDADE, que aqui em minas só tem uma POLÍCIA.
 
Paulo
Paulo - 20 de Julho às 10:32
Agora, sem dúvidas, devem ser indentificados e espulsos da corporação, em uma resposta minimamente descente para a sociedade. Infelizmente, nao temos a consciencia de que acabar com o crime no pais é moralizar a nossa polícia, isso faz parte assim como a água faz na produção de um bule de café!
 
Antonio
Antonio - 20 de Julho às 10:32
Emoções, revolta, opniões, cada um querendo ser o juiz da causa. Mas o que de fato o caso nos arremete é para o Judiciário brasileiro. Cada caso envolvendo pessoas ricas e famosas expõe sua fragilidade: procrastinção, chicanas, oportunismos e mais outras mazelas. Lamentável!
 
Adalberto
Adalberto - 20 de Julho às 10:31
Porque demorou tanto a divulgação deste vídeo?
 
Paulo
Paulo - 20 de Julho às 10:30
Depois de ler essa matéria, infelizmente, tenho que fazer a seguinte observação: Os policiais que fizeram essa gravação estão se nem aí pra essa história de processo ou direitos do preso, estavam era de olho na grana que levantariam com a veda da filmagem. Isso é a M do Brasil!
 
Antonio
Antonio - 20 de Julho às 10:29
Já comentei por diversas vezes nesse portal, a incopetência da PCMG. E ainda ficaram colocando pedra na sopa da PMMG sobre carreira jurídica. Desculpe-me, mas acho que os que se achavam portadores de fato da carreira jurídica, são os que mais violam os direitos dos cidadãos.
 
alexandre
alexandre - 20 de Julho às 10:25
Silvio Nogueira Maximo! Se você não me conhece pare de bostejar!Não não vejo CSI , questiono o motivo de não quererem fornecer o DNA e isso os inocentaria, apenas isso.No entanto parece que voce ficou chateado, Tenha educação e diga o que te chateou! revitei a ofensa do idiota do Itamar seu socio?
 
ely
ely - 20 de Julho às 10:22
as delegas podem pegar 3 meses de detençao e enquanto isso os criminosos vao se livrar rapidinhoo. Como chama nosso país mesmo? R. BRASIIIIIIIIIIIIIIIILLLLLLLL.
 
Fátima
Fátima - 20 de Julho às 10:18
A imprensa tem seu valor na divulgação dos acontecimentos, mas perde valor quando faz sensacionalismo. Esse video deixa ideia de que foi armação e o crime está caminhando pra lugar nenhum. O Flamengo voltou atras na demissao e em pouco começa a campanha do volta Bruno! Sem provas, ele fica livre.
 
alexandre
alexandre - 20 de Julho às 10:18
Fernando jaguatirica! A minina foi sequestrada com filho, escondida , torturada e assassinas teve os filhos retirados do braço , os proprios cumplices se entregam , os acusados se negam a falar para se defender , tem gente que nega o obvio e a pessoa do mal sou EU? Tenha paciência!
 
joão
joão - 20 de Julho às 10:16
Com tanto julgamento,poderíamos poupar milhões com a "justiça". É só jogar um suspeito no fundo de uma jaula ou dar um tiro na cabeça dele. Mas já que temos "justiça", deixemos que ela seja feita. O que estamos vendo é perfumaria, lixo pra vender...vender..e vender.
 
Silvio
Silvio - 20 de Julho às 10:12
E eu aqui perdendo meu tempo né, tchau!!!!!!
 
alexandre
alexandre - 20 de Julho às 10:11
É, para os idiotas não existe prova, não existe crime , os idiotas não tiveram suas filhas desaparecidas ,espancadas! os idiotas não veem que os proprios lambe botas que viviam do dinheiro do bruno entregaram a mentira dele ,a propria muher disse que esteve com ele e elisa, Itamar ignorante idiota!
 
Silvio
Silvio - 20 de Julho às 10:11
E tem mais, "minino" Alexandre. se você acha que a justiça é falha e as leis são brandas, por que vc não se preocupa em um trabalho de base para mudar o "status quo" daqueles que vc elege para fazer leis?
 
Silvio
Silvio - 20 de Julho às 10:08
Esse "minino" Alexandre Moraes deve ser fanático por CSI e contumaz desconhecedor das leis do Brasil. Ou será com o DNA pretendido por ele, o seu objetivo seria dar munição à defesa dos investigados (eu disse investigados, viu?)
 
alexandre
alexandre - 20 de Julho às 10:04
Itamar , Santa!Diga qual o seu interesse no caso ? Voce esta na intenet tanto quanto eu. Qua acesso aos inquueritos voce tem? suas fontes devem ser iguais as minhas, e até agora esta todo mundo falando a verdade ne? Ninguem escondeu que não a via ha mais de 3 meses , ninguem estev nositio com ela.
 
Marina
Marina - 20 de Julho às 10:02
Itamar Santana desnecessário seu vocabulário chulo,eu não falei nada a respeito da titularidade do crime em questão, apenas critiquei sua postura tão indelicada para com os outros comentários,não fiz julgamento nenhum até o dado momento! Você sabe ler por acaso?
 
ricardo
ricardo - 20 de Julho às 10:01
fernando voce ta comparando a pc com a pm,é trabalho totalmente diferente,um fica fardado vigiando a esquina ou passeando de viatura na porta de padaria ,a pc faz investigaçao trabalho totalmente diferente,qdo resolvem investigar que nao é funçao fazem tudo errado.
 
Marcio
Marcio - 20 de Julho às 09:53
sem falar tb,no saudoso cel ERASMOS DIAS, o igualmente saudoso Dr. DAVID HASSAN, estes sabia tratar bem a gentalha, este bruno e cia, com menos de 10 minutos tinha aberto o bico, agora hj em dia marginal tem q ser tratado igual a criança de colo, e fazem o q fazem e a sociedade n pode fazer nada!
 
Marcio
Marcio - 20 de Julho às 09:51
estado de direito e democratico, ? o escambal! loucura isto, por causa disto, os criminosos estão soltos e politicos roubando! nos bons tempos do SAUDOSO MÉDIÇE, o AI5, uns vagabundos destes tinha tomado uma sova boa e já tinha falado tudo, qto este patente, ta levando um por fora tb!
 
Rafael
Rafael - 20 de Julho às 09:50
O que atrapalha as investigações são as informações passadas da polícia para a imprensa, o que esta gerando opiniões e manchando a imaggens dos réus, sem saber realmente quem foram os mandantes do crime. Colocam o goleiro como culpado, mas sem provas concretas.
 
itamar
itamar - 20 de Julho às 09:44
Concordo plenamente com vc Alan dia,meus parabens, é a palavra dele contra a do bruno, nao significa nada,esperem os resultados das investigações para poder julgar quem tem culpa e quem não tem!!!
 
joao
joao - 20 de Julho às 09:37
kkkkkkkkkkkk já estou até vendo "ooooooooo o bruno voltoooooooooo o bruno voltoooooooo" kkkkkkkkkkk! O edson moreira é cachaçeiro, e isso acaba fazendo do DI um buteco cheio de conversa fiadaaa. Se a lei do silêncio impera se nas investigações este circo não estava armado!
 
itamar
itamar - 20 de Julho às 09:35
marina freitas,antes de falar do rabo dos outros olhe o seu!vc deve ser mais uma que fica vendo novela o dia inteiro,o bruno tem culpa?provavemente, mas nao tem certeza,o mesmo dedo que vc usa para apontar,vc vai ser apontada,espere os resultados para fazer sues julgamentos!
 
João
João - 20 de Julho às 09:33
como a polícia nao teve competencia para encontrar provas materiais, ela quer formar a opnião pública através de provas ilícitas...Não podemos esquecer que vivemos em Estado Democratico de Direito!
 
Alan
Alan - 20 de Julho às 09:24
Acho até comédia, todos querem um motivo pra incriminar o Bruno, e não estão nem aí se estão fazendo coisas que ferem a constituíção ou não. Antes que se prove o contrário, ele é inocente. tudo que falaram não prova nada, tem um menor que está em abstinência, um depoimento que tem mentiras. vamos ver
 
Luiz
Luiz - 20 de Julho às 09:19
Buscar informações sobre este e qualquer outro caso é dever policial. Este vídeo tem peso e importância na investigação policial. O "erro" e crime é sua divulgação na imprensa - tratando-se de uma gravação clandestina.
 
Lázaro
Lázaro - 20 de Julho às 09:14
PARECE QUE O BRUNO SABIA QUE ESTAVA SENDO GRAVADO, E ELE FEZ ATÉ POSE, FALOU EM TOM MAIS ALTO ETC.E TAL.
 
Flammarion
Flammarion - 20 de Julho às 09:13
Acho irrelevante essa acusação contra as delegadas. O mais importante é saber quem solicitou, autorizou, pagou a contratação do ex-policial para dar treinamento à Policia Civil.
 
itamar
itamar - 20 de Julho às 09:13
a policia só mostra o que interesa pra ela, para a sociedade formar opiniões, para ter pessoas como seu alexandre moraes, julgando sendo que a propria policia, nao tem certeza de nada e ta mais perdida do cego em tiroteio!seu alexandre espere o resultado pra poder o senhor forma sua opinião,IGNORANTE
 
Lázaro
Lázaro - 20 de Julho às 09:12
SE O BRUNO FALOU AQUILO NO AVIÃO, É CLARO QUE FALOU; SE A PROVA FOI CONTRARIA A LEI, É CLARO QUE SIM. O QUE NÃO ESTA MUITO CERTO É A REVELAÇÃO NA REDE GLOBO. LEMBRA-SE AQUELE POLITICO FILMADO COLOCANDO DINHEIRO NA CUECA, NA MEIA, ETC. SERÁ QUE A GRAVAÇÃO FOI AUTORIZADA PELA JUSTIÇA.
 
Flammarion
Flammarion - 20 de Julho às 09:12
Se for olhar por esse lado de que foi um ato ilicito. Todos nós somos vitimas de atos ilicitos, pois hoje nos grandes centros possuem camêras instaladas que monitoram 24 hs o cidadão a fim de combater a criminalidade. O caso aqui é um suspeito que debochou da Polícia, negou em cadeia nacional
 
Solange
Solange - 20 de Julho às 09:10
O que revolta é a maneira como Eliza foi tratada até a morte e a judiação que o bebê sofreu.
 
Flammarion
Flammarion - 20 de Julho às 09:08
Demagogia
 
Marina
Marina - 20 de Julho às 09:08
Itamar Santana,não se chama os outros de ignorantes quando se tem um 'português' tão ruim quanto o seu. O espaço é para debates não para ofensas,cada um tem o direito de expresar sua opinião.Me ajuda né?!"por tanto parem de serem ingnorantes, e ñ deixem imprensa manipularem vcs!!!" (dito por você).
 
itamar
itamar - 20 de Julho às 09:07
Sr.alexandre BURRAIS vc é mais um que fica o dia interiro vendo tv e deixa ser manipulado, pare de ser BURRO e vai ver as nossas leis e a historia da polica, que vc ver o que eu quero dizer, tem provas?pq nao indiciaram entao!sao 30 dias para fechar o inquerito ja foram os 30 e aí??É um mal informado
 
Flammarion
Flammarion - 20 de Julho às 08:57
O Bruno está dando uma de deputado, quando diz que não sabia que seu empregado tinha feito certas coisas. Mentiu que não via a Eliza há 03 meses. Tem dois depoimentos que confirmam a presença dele no local do crime. Sangue da vitima em seu veículo. Hospedagem em motel com vitima, filho e gangue
 
Franck
Franck - 20 de Julho às 08:57
Uma coisa é o serviço que a impressa faz em benefício da sociedade quando informa respeitando os direitos de todos, outra é quando impede que esta mesma sociedade julgue imparcialmente através das formalidades imposta pela lei, s/ interferir no processo legal.
 
Flammarion
Flammarion - 20 de Julho às 08:55
A sociedade precisa deixar de demagogia. A Polícia Civil pode ter até errado ao ter gravado e divulgado o video, mas isso não diminui o valor das informações divulgadas. O que está ocorrendo nesse caso é uma inversão de valores. Um ser humano foi sequestrado, torturado, assassinado.
 
Fernando
Fernando - 20 de Julho às 08:51
nós coloca no mesmo barco que eles. Nós ,seres humanos possuimos tanto odio, que queremos ver pessoas pagarem pela nossa incompetencia em gerenciar nossas vidas, não devemos defender nem culpar ninguem, nós mesmo temos tanto a acertar com Deus, que me parece inoportuno, acusar que não conhecemos.
 
Fernando
Fernando - 20 de Julho às 08:48
Como é facil perceber as pessoas do mal. Olha esse Alexandre, deve ser uma pessoa mal amada, ele ,pela sua postura, aqui neste espaço. se julga professor de Deus, ele já julgou, e condenou os " reus ", mesmo antes de colher as provas contra eles. Defender bandidos ou execução dos mesmo, cont.
 
Guilherme
Guilherme - 20 de Julho às 08:48
Eu até acho que a exclusividade dada a Globo não é correta.Mas dizer que a imprensa atrapalha, aí não concordo.Neste caso e em outros, como do Bando da Degola, quase sempre é a imprensa que pauta as investigações, descobrindo suspeitos.
 
Joao
Joao - 20 de Julho às 08:43
se os delegados cometeram crime, prendam tambem eles!!! Poe no pau de arara que confessam tambem.
 
itamar
itamar - 20 de Julho às 08:38
Não há culpados sem provas, se realmente tivesse provas suficiente já teriam indiciados os ´´caras``conforme a delegada falou que tem provas, pq que não indiciaram então, ela tá dando é tiro no escuro pra vê se acerta em alguem.Agora se ela quiser acertar meu coração eu deixo, pq ela é uma gracinha!k
 
alexandre
alexandre - 20 de Julho às 08:36
Itamar! Não tem provas como? Depoimentos , confissões , registros de entrada e saida pagamentos e ai vai !Agora é só sair cremando corpos que não havera crime? A imprensa apenas divulga o que policia encontra, deixe de ser idiota ! Manipulado é voce e por interesses escusos! monta um crematorio!
 
Edilson
Edilson - 20 de Julho às 08:36
País sem lei é assim. Todo mundo delibera por conta própria. Casa de mãe Joana. Muito bem punidas as delegadas. Mas e a Globo? Não vai sobrar nada pra ela. Será que eles não sabiam que estavam praticando ilicito? A certeza de não serem punidos, os levam a fazer isso. Vergonha.
 
fernando
fernando - 20 de Julho às 08:32
E pelos comentários abaixo pode-se ver que a população POUCO ESCLARECIDA quer ver nego preso. Mesmo que seja inocente. E SE FOSSE O FILHO DE VCS QUE ESTIVESSE SENDO JULGADO POR ALGUM CRIME? COMO DIRIGIR DEPOIS DE BEBER 2 COPOS DE CERVEJA. Vcs iam apoiar que a policia desse uns tapas e o filmasse?
 
Juliana
Juliana - 20 de Julho às 08:30
Acho engraçado essas coisas de direitos humanos, os assassinos têm direito a eles e nós os cidadãos? Direito de morrer e sermos desossados para que estes tenham os famosos " direitos humanos " por nós. Animais como esses não deveriam ser tratados com tanto respeito. Acooooooorda Brasil!
 
fernando
fernando - 20 de Julho às 08:30
A policia civil ta dando mais um show de INCOMPETENCIA. Pra que serve essa policia???pra NADA! Palmas pra PM e vaias para a PC.
 
itamar
itamar - 20 de Julho às 08:29
Vcs leitores tem suas opiniões formadas através da imprensa, isso p/ me é pura ignorancia,tem mais de um mês esse caso e a policia ñ consegue reslover, significa que não tem provas nenhuma, e se ñ há provas ñ há culpados, por tanto parem de serem ingnorantes, e ñ deixem imprensa manipularem vcs!!!
 
Hilton
Hilton - 20 de Julho às 08:20
Dificil acreditar que a cessão da fita à Rede Globo não tenha sido feita mediante vantagem financeira, o que por si só é deplorável por se tratar de uma instituição policial. Mas sem dúvida a atitude que merece repulsa é de uma emissora que recebe concessão pública para fomentar atos ilegais.
 
alexandre
alexandre - 20 de Julho às 08:08
Quem disse que foi vendido?Para mim foi uma estrategia de quebrar essa unidade suja que o bandido do Quaresma esta tentando montar! O primeiro resultado foi a Dayane, mas só que tem muita gente querendo que não se esclareça o caso , ai chegam os bonecos vaidosos nas suas nobres posições atrapalhar!
 
Laercio
Laercio - 20 de Julho às 07:56
Essa moça assassinada pode ter qualquer defeito,mas nada não justifica a barbárie que sofrida por essa calhorda.
 
Jean
Jean - 20 de Julho às 07:56
Eu quero saber quantos milhões esses servidores ganharam para praticar esse crime, e depois vendê-lo em forma de vídeo exclusivo para Globo. Espero que o Governador tenha firmeza em apurar esses abusos. Agora entendo porque a maioria dos homicideos não são encontrado autoria. Incompetência.
 
alexandre
alexandre - 20 de Julho às 07:54
O Dia foi o primeiro a noticiar, a BAND recebeu a Carta e filmou o caseiro fugindo com o Saco , A Globo mostrou esse video e foi a ultima a noticiar pois é claramente flamenguista. E ainda vem esses babacas falar que imprensa condena , A Globo é do mal! ORA! VÃO MORAR NA VENEZUELA SEUS IMBECIS!
 
alexandre
alexandre - 20 de Julho às 07:45
aos processos que se amontoam .A policia esta cheia de dificuldades para trabalhar e esses Bonecos vaidosos ainda ficam atrapalhando.Tem é que colher DNA sem eles saberem baixar aporta do camburão na cabeça para tirar as gotinhas de sangue que são necessarias a saliva dos talheres seja como for!
 
Zé
Zé - 20 de Julho às 07:43
Enquanto a "grobu" tiver dinheiro para comprar todo mundo, levar quem ela quiser ao céu ou ao inferno rapidinho, deixa a "grobu" trabaiá minha gente.
 
alexandre
alexandre - 20 de Julho às 07:39
Essa ganga teve escrupulos ao sequestrar, torturar e assassinar?Eles estão todos se recusando a esclarecer o crime, se negando a colher material e a justiça ao inves de facilitar a investigação fica criando casos fora de hora deixem para discutir isso em sala de aula , e tartem de dar andamento aos
 
Francisco
Francisco - 20 de Julho às 07:31
A prova é ilícita. Muito bem lembrado pelo %u201Cadevogado%u201D. Se fosse a vítima sua filha a tecnicidade seria diferente. Mesma ilícita a prova servirá para o processo de canonização da turma do Bruno, afinal são santos. Soltem e levem todos para casa, garanto que deixarão vocês em pedaços.
 
alexandre
alexandre - 20 de Julho às 07:22
Esses juristas devem ser todos Flamenguistas! Deixa a policia trabalhar !A midia esta cheia de videos de assassinatos com provas colhidas pela policia , e em nenhum houve esse reboliço! Esses porras com ar de nobres querem apenas aproveitar um caso de repercursão para enaltecer suas posições.Nojo!
 
julio
julio - 20 de Julho às 07:19
A culpa agora é da imprensa , que tem como função informar , pelo menos não esconde os fatos.
 
antonio
antonio - 20 de Julho às 07:16
É o poderio paralelo da venus platinada fazendo mais 02 vitimas