SIGA O EM

Investigação do caso Bruno vira circo dos horrores

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 268633, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Renato Weil/EM/D.A Press', 'link': '', 'legenda': 'Jogador foi levado segunda-feira ao Departamento de Investiga\xe7\xe3o para depor, mas entrou e saiu calado, ao contr\xe1rio do que fez na viagem do Rio a BH, na noite do dia 8', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2010/07/20/169707/20100720070838374154o.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': None}]

postado em 20/07/2010 06:31 / atualizado em 20/07/2010 09:28

Ernesto Braga

Renato Weil/EM/D.A Press

Passado quase um mês da abertura do inquérito que apura o suposto assassinato da modelo Eliza Samudio, de 25 anos, ex-amante do goleiro do Flamengo Bruno Fernandes de Souza, também de 25, o trabalho conduzido pelo Departamento de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (DIHPP) começa a dar sinais de crise. O caso se transformou em um verdadeiro circo dos horrores, com vazamento de informações sigilosas, contradições, denúncia de agressão e outras mazelas que podem prejudicar o andamento do inquérito.

Por causa do vazamento da gravação feita em celular, de forma clandestina, com o jogador, dentro do avião da Polícia Civil, o chefe da corporação, delegado Marco Antônio Monteiro, teve de vir a público segunda-feira, pela primeira vez nesse caso, para anunciar o afastamento das delegadas Alessandra Wilke, que presidia o inquérito, e Ana Maria Santos, chefe da Delegacia de Homicídios de Contagem, na Grande BH. No DIHPP, no Bairro Lagoinha, Região Noroeste da capital, denúncia de agressão cometida pelo delegado Júlio Wilke em Luiz Henrique Romão, o Macarrão, foi feita pelo advogado Ércio Quaresma, que defende o braço direito do goleiro e acusado de participação no sequestro, tortura e morte de Eliza.

Em rápido pronunciamento, sem permitir que os jornalistas fizessem perguntas, Marco Antônio Monteiro informou ter determinado a abertura de sindicância pela Corregedoria-Geral da Polícia Civil, que deverá apontar, em no máximo 48 horas, o responsável pela gravação feita com Bruno, quando era trazido do Rio para BH, na noite do dia 8. Ele aparece algemado e faz afirmações, respondendo a perguntas, como em uma entrevista, de que a responsabilidade pelo sumiço de Eliza é de Macarrão. A Corregedoria apontará também quem repassou as imagens a uma emissora de TV, que divulgou o material com exclusividade.

Na aeronave, com capacidade para nove pessoas – sem contar o piloto e dois copilotos – estavam as delegadas Alessandra Wilke e Ana Maria Santos, quatro agentes e uma assessora da Polícia Civil, além de Bruno e Macarrão. Monteiro informou que se reuniu com o chefe do DIHPP, delegado Edson Moreira, e determinou que ele assumisse a presidência do inquérito, passando a ser responsável pelo relatório final da investigação da morte de Eliza Samudio. “Essas medidas visam dar prioridade absoluta à apuração, restringindo o acesso às informações de forma a resguardar o trabalho para a conclusão de inquérito com agilidade, no menor tempo possível”, disse o chefe da Polícia Civil. Na tarde de segunda-feira, o corregedor-adjunto da corporação, Antônio Gama Júnior, reuniu-se com Edson Moreira no DIHPP. Os depoimentos de quatro agentes que estavam no avião avançaram pela madrugada.

Troca de advogado

Ércio Quaresma defende seis acusados de envolvimento no crime e havia ameaçado abandonar aquele que descumprisse a orientação de ficar calado em entrevistas ou nos depoimentos à polícia. Mas, na segunda-feira, a mulher de Bruno, Dayanne Rodrigues, pediu para trocar de advogado, pois resolveu colaborar com a apuração. Ela foi uma das primeiras pessoas detidas, acusada de subtração de incapaz, por ter entregue o bebê, filho de Eliza, a uma família de Contagem, depois do sumiço da modelo.

Dayanne foi ouvida das 16h de sexta-feira às 4h de sábado e afirmou ter visto Eliza no sítio do jogador, em Esmeraldas, na Grande BH, no dia 10 – informações colhidas anteriormente pela polícia davam conta de que o assassinato ocorrera no dia 9. Ela foi a terceira pessoa presa a confirmar que a modelo esteve na propriedade. A informação já havia sido dada pelo adolescente de 17 anos e Sérgio Rosa Sales, o Camelo, primos de Bruno. Os novos defensores contratados pela família de Dayanne, Walker Azevedo e Emerson Louro, se apresentaram segunda-feira no DIHPP.

Assim como dentro da Polícia Civil, casos de oportunismo relacionados ao inquérito ocorrem entre os defensores dos acusados. Na manhã de segunda-feira, o advogado Lourivado Carneiro pediu ao Estado de Minas R$ 4 mil por uma entrevista exclusiva com seus clientes Cleiton Gonçalves e a mulher dele, Taiara Júlia. Cleiton dirigia a Lange Rover do goleiro quando o carro foi apreendido numa blitz, em 8 de junho. No veículo havia manchas de sangue, que exames de DNA confirmaram ser de Eliza, e outras que seriam de um homem. Taiara, ouvida segunda-feira, disse ter recebido R$ 50 do preso Wemerson Marques, o Coxinha, para tomar conta do bebê Eliza, quando esta já estaria morta, segundo a polícia.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Jônathas
Jônathas - 20 de Julho às 18:44
Concordo Alex, a PCMG quis aparecer muito, e cabe a ela provar que Bruno é culpado e não o Quaresma provar que ele é inocente.
 
João
João - 20 de Julho às 15:56
Se eu fosse governador de MG contrataria o C.S.I para solucionar o caso.
 
Alex
Alex - 20 de Julho às 15:10
SE a polícia civil tivesse trabalhado do jeito mineiro, calada, comendo pelas beiradas o caso teria outro desfecho. Mas ficaram deslumbrados com a mídia. Querem apostar q o bruno ainda vai rir disso tudo?
 
rubens
rubens - 20 de Julho às 14:44
QUEM DEFENDE BANDIDOS NA RUA E ESSES DELEGADOS DO DI NA CADEIA DEVE ESTAR DEVENDO MUITO. ANISTIA É DISCURSO HIPÓCRITA. TEM QUE VER CADA CASO. ALBERTO DA O ANOS
 
Brasil
Brasil - 20 de Julho às 14:15
Deveria existir no Brasil uma Lei para quem mentisse. Qualquer pessoa que mentir ou induzir a outra a falar mentiras, deveria responder por isso com uma pena bem severa. Para que a justiça seja feita é necessário a verdade. A mentira provoca o erro e torna o criminoso impune.
 
Brasil
Brasil - 20 de Julho às 13:55
Existe uma frase interessante: " quanto mais conheço o homem mais admiro um animal".
 
Brasil
Brasil - 20 de Julho às 13:54
A nossa civilização está em decadência, está tudo ruindo. Vários Impérios desapareceram devido aos desequilibrios dos seres humanos. A mídia só ressalta valores materiais, as famílias estão acabando, muitas das religiões viraram um balcão de negócios, ensina-se a competição e não a cooperação...,
 
Brasil
Brasil - 20 de Julho às 13:38
Leis frouxas favorecendo criminosos e corruptos, falta de trabalho nos presídios, o Estado premiando aquele que comete crime com auxílio-reclusão e quanto a vítima, nada recebe, e a polícia, acho que deveria passar uma borracha e fazer outra. Na minha cidade, polícia só se encontra vigiando Banco...,
 
Brasil
Brasil - 20 de Julho às 13:33
As estatísticas de assassinatos no Brasil são assustadoras. Mais de 50.000 mortos todos os anos, vêm superando muitas guerras e conflitos na atualidade. A que se deve à este índice tão alarmante, na minha opinião de simples cidadão; educação deficiente, valorização do ter e não do ser, materialismo.
 
Willian
Willian - 20 de Julho às 12:51
ASSIM FICA DIFICIL O DELEGADOS SÃO MENTIROSOS! http://noticias.uol.com.br/cotidiano/2010/07/20/laudo-aponta-mentiras-em-entrevista-de-delegada-afastada-do-caso-bruno.jhtm
 
renato
renato - 20 de Julho às 12:50
quero que os réus sejam culpados e punidos dentro da lei, mas também gostaria que a defeza não obstruisse e atrapalhasse o caso. plantando acusações espúrias contra a polícia. quaresma gosta de jogar sujo a OAB já está de olho nele
 
renato
renato - 20 de Julho às 12:47
não vão conseguir desacreditar a investigação! ela está muito correta! o melhor lugar para seu cliente dona adriana é na cadeia porque na rua ele corre risco de vida agora!
 
Adalberto
Adalberto - 20 de Julho às 12:28
Concordo com você Adriana Cunha, solta logo esses caras e manda as Delegas para o Xilindró. Anistia Ampla, Geral e Irrestrita para o Bruno e sua turma.
 
mardos
mardos - 20 de Julho às 12:26
Que a consciência de cada um seja seu juiz, prostitutas, traficantes , advogados mercenários, assassinos, políticos, todos tem mãe, família, irmão , alguém q o ama, todos tem algo em comum são seres humanos
 
mardos
mardos - 20 de Julho às 12:26
hipócritas são aqueles q usam dois peso e duas medidas, condenam uma vitima e absolvem seus algozes
 
Adriana
Adriana - 20 de Julho às 12:13
A MIDIA E HIPOCRITA,A MESMA QUE CRUCIFICOU MICHAEL JACKSON EM VIDA,NA SUA MORTE O SANTIFICOU. RESUMINDO:ELES QUEREM IBOPE,E SOMENTE A DESGRAÇA HUMANA QUE VENDE JORNAIS,AUMENTA PONTOS NO IBOPE
 
NEUSA
NEUSA - 20 de Julho às 12:01
Imaginem quantas crianças, neste exato momento, devem está sofrendo abusos e perdendo suas vidas. Cadê a mídia p/ noticiar e fazer drama?
 
Neuza
Neuza - 20 de Julho às 12:00
do que bater, se nao estao fazendo é porque se deixaram levar pelo apelo exacerbado da imprensa e popular. Agora e hora de recomecar e tentar readquirir a credibilidade. Agora uma coisa é certa fala-se que tem provas suficientes entao pra bater em busca de confissao? Se tem provas apresenta e acabou
 
NEUSA
NEUSA - 20 de Julho às 11:58
O que a mídia faz com as pessoas é surpreendente: Quando morre um traficante e a TV mostra o corpo sendo carregado em "carrinhos de mão", ninguém se comove, afinal "era traficante mesmo, um a menos no mundo".Daí morre uma prostituta que usou o próprio filho para enriquecer e todos ficam comovidos.
 
Neuza
Neuza - 20 de Julho às 11:58
humanos nao é so para bandido, vale tambem para a policia que po vezes por falta de apoio psocologico social e morl envereda pelo caminho do crime e violencia. Nao adianta defender o cacete nos bandidos que nao vai colar faustao. Acho que esta policia que cuida deste caso pode fazer melhor
 
Neuza
Neuza - 20 de Julho às 11:56
e so enchendo presidio de bandido, metendo o cacete neles e nada. Saem de la fazem de novo. Um circulo vicioso sem fim. Quanto a policia tambem faz parte deste jogo, ta na outra ponta da questao sem saber o que fazer mete o cacete pra resolver. Policia e bandido tem que ter tratamento, direitos
 
Neuza
Neuza - 20 de Julho às 11:54
Que medo moço, nem crianca funciona com medo. Ja dizia os antigos tem medo mais nao tem vergonha. Se ate crianca funciona mais com respeito do que com medo imagina bandido. O trabalho tem que ser feito no interior destas pessoas, de dentro pra fora. No interior e tambem mostrando novos caminhos senao
 
FAUSTÃO
FAUSTÃO - 20 de Julho às 11:39
SOU TOTALMENTE CONTRA A TRUCULÊNCIA, MAS SE PENSARMOS COMO RECUPERAR AQUELES JÁ PERDIDOS SEM CRIAR NO MINIMO NELES O MEDO. PORQUE A COISA ESTA FICANDO MUITO FACIL, BASTA MATAR E NADA ACONTECE, BASTA MATAR E ACHAR UM "QUARESMA" QUE ELE LIVRA A CARA, AI TAMBEM NÃO NÉ. TEM QUE TER UM FIM IMEDIATO.
 
FAUSTÃO
FAUSTÃO - 20 de Julho às 11:25
TUDO ISTO EM TROCA DE PESSOAS QUE AMAM O CRIME, E COM SEUS OCLINHOS NA PONTA DO NARIZ SE DIZENDO "INTELECTUAIS" FICAM O DIA INTEIRO FALANDO EM DIREITOS HUMANOS E DEMOCRACIA. O QUE EU SEI É QUE A DEMOCRACIA É PARA TODOS E TODOS TEM DIREITOS IGUAIS MAS A FAMILIA DAS MULHRES MORTAS SOFREM NESTE INSTANTE
 
Marcelo
Marcelo - 20 de Julho às 11:25
Com isto, acredito que a estratégia do policiais é deixar vazar para a imprensa detalhes para jogar os provaveis indiciados uns contra os outros e com isto conseguir colher depoimentos. Uma burrice e falta de competência da policia. Existe a figura da delação premiada e deveria ser utilizada.
 
Neuza
Neuza - 20 de Julho às 11:23
Sao os dois que que ta baguncado. Agora nem por isto pode matar os caras na pancada. Se adentrarmos na questao politica ai este papo vai ficar pseudofilosofico dimais para escrever em poucas palavras, vamos manter o foco. Ja vi policia acertando muito e mereceram parabens neste caso ainda nao merece!
 
FAUSTÃO
FAUSTÃO - 20 de Julho às 11:22
FICAM GASTANDO DINHEIRO PUBLICO PROCURANDO PROVAS DE UM CRIME ONDE SUMIRAM : MAIS OU MENOS 5 LITROS DE SANGUE, NO MINIMO 40 KILOS DE CARNE HUMANA E UMA OSSADA HUMANA DE NO MINIMO 1,60 DE COMPRIMENTO COMPLETA, PEGA ESTE MACARRÃO E APAGA AS LUZES DA MIDIA PARA VER SE AMANHÃ DE MANHÃ ESTE CASO TEM FIM.
 
Neuza
Neuza - 20 de Julho às 11:20
Naio exagera neh Fausto concordonque temos uma bagunca generalizada onde a policia tb mete primeiro porrete e depois pede e identidade, temos visto todos os dias nos noticiarios, as penitenciarias faculdade de bandido, o cara entra sabendo roubar toca fita e sai ladrao de banco. Nao é so um lado
 
Marcelo
Marcelo - 20 de Julho às 11:18
Esse Quaresma é professor da universidade catolica e vem utilizando os recursos da lei para fazer o possivel e o impossivel para dificultar o inquerito e com isto ter maiores chances para representa-los num provavel juri popular.
 
FAUSTÃO
FAUSTÃO - 20 de Julho às 11:16
AQUI ADVOGADO DE PORTA DE CADEIA FALA MAIS QUE QUE DELEGADO ONDE DIREITOS HUMANOS DEFEDEM SE BANDIDO TÁ ALIMENTANDO BEM, MAS NÃO PREOCUPA COM LAGRIMAS DO PAI OU DA MÃE DE UMA PESSOA QUE ACABA DE SER ASSASSINADA E ELE VÊ DO OUTRO LADO DA RUA O MATADOR PASSANDO E RINDO.
 
FAUSTÃO
FAUSTÃO - 20 de Julho às 11:12
ESPECIALIZADA É UMA POLICIA QUE NÃO TEM POR DE TRAS UMA POLITICA ARROGANTE E CORRUPTA, ONDE O DIREITOS DO BANDIDO FALA MAIS QUE QUE DO OS DIREITOS DO OFENDIDO OU SOFRIDO COMO QUEIRAM, ESTÃO ACHANDO QUE AQUI TEM UMA "CSI" OU UM "FBI" UMA "CIA" ESTÃO ENGANADOS.
 
AP
AP - 20 de Julho às 10:59
Neste circo o picadeiro tem dono: o palhaço mor. O advogado ilustre, das causas impossíveis: assassino da cabeleleira, do promotor, da missionária, dos playboys da zona sul..qual mais? ah tá cheio no Google. É o exemplo a ser seguido. Só não sei como consegue dormir. Me dá náusea.
 
Neuza
Neuza - 20 de Julho às 10:52
Oh. Faustao para de querer fazer da policia uma insituicao soberana que nao pode ser questionada por definitavamente nao é o caso. Eles como todas as instituicoes tem erros e acertos e neste caso ta uma bagunca disgramada. E logico que em outro podem acertar, mas neste so pela misericordia divina!
 
Neuza
Neuza - 20 de Julho às 10:49
que vao arrancar confissao na marra, e isto é inaceitável, arcaico e absurdo. Se quer que os caras falem entao sejam inteligentes suficiente para tal, afinal a policia convive com mente criminosa, deve ser formada neste PHD neste assunto, pelo menos é o que se acredita.
 
Neuza
Neuza - 20 de Julho às 10:43
A policia nao precisa dar beijo, mas tem que ter inteligencia para descobrir a verdade se for pra dar porrada nao precisa de policia especializada neh gente? A delegacia e para isto mesmo, investigar e nao obrigar o cara a falar o que ta acontecnedo e que nao tem provas e ai resolveram
 
Adriana
Adriana - 20 de Julho às 10:37
tem muita gente querendo espancar,mandar bater nos supostos acusados..e o retrocesso,lutamos tanto pela democracia,e dr. edson em pouco tempo,trouxe a ditadura de volta
 
Adriana
Adriana - 20 de Julho às 10:33
desde o começo critiquei o andamento da investigaçao,e dei o nome circo de horrores....ta ai hoje o que ja tinha dito
 
Adriana
Adriana - 20 de Julho às 10:30
FAUSTÃO FAUSTÃO dr. edson afaga o pai da eliza,tira fotos juntoskkkkque ja foi condenado por estrupo,pedofilia.o pior crime que existe e contra criança,sao indefesas
 
Bernardino
Bernardino - 20 de Julho às 10:24
O Faustão, vai estudar um pouco, talvez isso o tire da alienação. Em relação ao nordeste, saiba que lá a criminalidade é muito maior e o indice de resolução de casos pela polícia é muito (mas muito) inferior ao de Minas.
 
joão
joão - 20 de Julho às 10:24
Caro Faustão, a policia do mundo inteiro já se profissionalizou para que a tortura não seja usada. Nós brasileiros lutamos muito para que a mesma fosse banida. E o trabalho de investigação forense existe pra isso. Temos que ter a certeza de que a justiça seja feita, Mas, kd a "justiça"? nada faz.
 
Bernardino
Bernardino - 20 de Julho às 10:21
Só acho que parece que estou no Rio de Janeiro!!! Está na hora do Anastasia entrar na jogada e mostrar que aqui é Minas Gerais.
 
FAUSTÃO
FAUSTÃO - 20 de Julho às 10:05
VCS ACHAM QUE A POLICIA DEVERIA FICAR DANDO BJS EM BANDIDO E PEDINDO PELO AMOR DE DEUS PARA ELES FALAREM CONTRA ELES PROPRIOS SÓ MESMO ESTE DIRETOS HUMANOS MINEIRO QUE ACOBERTA OS BANDIDOS E DEIXA O QUE SOFRE PARA DEUS AMPARAR, VAI LÁ NOS ESTADOS DO NORTE PARA VCS VEREM SE FALA OU NÃO FALA.
 
Ernesto
Ernesto - 20 de Julho às 09:50
A rede globo como sempre dando seus furos de reportagens. Quando o Mauluf foi preso, tinha um reporter disfarçado de agente federal. Agora uma reportagem exclusiva com o Bruno. O Brasil só irá melhorar no dia em que a Globo quebrar !!!
 
Carlos
Carlos - 20 de Julho às 09:48
Completando o Márcio Santos: tudo com o apoio da Globo. Eles fazem tudo pelo flamengo, até tornar assassinos em santos...
 
Paulo
Paulo - 20 de Julho às 09:43
Já vou de cara avisando que se esse caso virar sucesso de bilheteria nos cinemas a idéia é minha e vou querer receber minha parte da arrecadação.
 
Marcio
Marcio - 20 de Julho às 09:29
O Macarrão, amigo de verdade, vai assumir a "administração" do evento e isentar o Bruno de qualquer participação. Assim o ?Bruno volta a sua vida particular e vai ajudar o amigo após o julgamento. Depois que a "poeira" baixar, também será liberado, assim como os demais. AGUARDEM!
 
Saulo
Saulo - 20 de Julho às 09:22
O mediador desta coluna, deveria suspender o serviço de comentários, como ocorreu na parte de esportes. O que vejo aqui, é o assassinato da língua Portuguesa e troca de ofensas de "soldadinhos de chumbo" de partidos... Acabe com esse circo de comentários também.
 
Arlam
Arlam - 20 de Julho às 09:11
É brincadeira imaginem só o quanto a Rede Globo pagou para um destes policiai liberar este vídeo? já pararam para imaginar? pois um simples advogado pediu 4 mil por uma merda de entrevista com seus clientes! eta policia safada esta nossa! Vai dar em Pizza!
 
Fatima
Fatima - 20 de Julho às 09:07
Vejam so... tudo mundo quer ganhar um pouquinho, R$ 4 mil por uma entrevista, estao se achando celebridade, brincadeira ne...
 
Fatima
Fatima - 20 de Julho às 09:04
" Circo de Horrores" - por sinal pelo titulo para a materia, antes eu achava que so faltava a lona para esse circo, agora tenho certeza que o circo esta completo.
 
César
César - 20 de Julho às 08:48
P/LAERCIO SILVA PORTO, CARA ESTOU COM VC, É SÓ MATAR, ESTUPRAR, ROUBAR ETC.AI VIRA PROTESTANTE "EVANGÉLICO", E DEPOIS ABRE UMA EMPRESA "IGREJA DE MENTIRA" E SAI LOUVANDO A JESUS. EITA PESSOAL CARA DE PAU.
 
Flavia
Flavia - 20 de Julho às 08:42
Não estou querendo defender o péssimo trabalho, mas também, com um salário de 4 mil reais, quem faz concurso? Um analista do TRE, do TRT ganha no mínimo 6.500 e tem uma responsabilidade ínfima comparada aos do delegados. MINAS AVANÇA!
 
OBSERVADOR
OBSERVADOR - 20 de Julho às 08:38
POLICIAL BURRO, É SINÔNIMO DE POLICIAL TRUCULENTO E COVARDE....APOSTO Q SE CRUZAR COM UM BANDIDO NA RUA FICA MURCHINHO, MURCHINHO.....
 
Vilson
Vilson - 20 de Julho às 08:21
Com toda essa atitude da polícia, o goleiro irá sair impune dessa, esses advogados são estrategistas e vai livrar a barra do Bruno, creio que no máximo mes que vem ele vai sair..Aguardem
 
elias
elias - 20 de Julho às 08:17
isso vai acabar em pizza.
 
Laercio
Laercio - 20 de Julho às 08:13
Logo,logo esses crápulas e calhordas estarão todos de bíblia na mão numa igreja evangélica louvando Jesus,como aconteceu com Wiliam e Wellington,sequestradores e assassinos da filha de Joice Brandão
 
francisco
francisco - 20 de Julho às 07:56
Tomar pirulito de criança, bater em bebado e agredir bandido algemado e ainda ter uma arma na mão é muita covardia. Libera a as algemas dispensa a arma e enacara o bruno na mão.Vai lá dr. a sua mulher já foi agora vai ser vc.
 
Brasil
Brasil - 20 de Julho às 07:55
Continuação, Leis frouxas favorecendo o criminoso e o corrupto, falta de trabalho nos presídios, o Estado premia aquele que mata com o auxílio reclusão e quanto a vítima, nada recebe, e a polícia, acho que deveria passar uma borracha e fazer outra. Na minha cidade polícia, só na porta de Banco.
 
Brasil
Brasil - 20 de Julho às 07:48
As estatísticas de assassinatos no Brasil são assustadoras. Mais de 50.000 mortos todos anos, vêm superando muitas guerras e conflitos na atualidade. A que se deve à este índice tão alarmante, na minha opinião de simples cidadão; educação deficiente, valorização do ter e não do ser, continua...,
 
Evanir
Evanir - 20 de Julho às 07:45
A PC não sabe o que fazer e como proceder. Virou circo. Os supostos meliantes vão ser soltos por incompetência da PC nas investigações.
 
julio
julio - 20 de Julho às 07:16
Não adianta agora o Marco Antonio vim , com aquele ar de que tudo é sério, afastando as delegadas. Mais um show! Falta pouco para o Bruno se solto e vai mesmo , pois a incompetência da polícia está se confirmando a cada dia.
 
julio
julio - 20 de Julho às 07:13
Desde do início esse caso vem sendo tratado como um show, quando os delegados falam: não vamos falar nada para não atrapalhar as investigações. Mentira, eles não tem informações seguras do que eles estão falando.Muita gente envolvida , muita coisa errada
 
valdecir
valdecir - 20 de Julho às 07:12
eu acho tudo isso foi a favor do bruno.
 
julio
julio - 20 de Julho às 07:11
Até que em fim uma pessoa para enfrentar esse delegado Julio Wilke, a muito todo mundo sabe dos suas maneiras para obter informações, mas quero ver ele bater no Bola, Ah , nesse ele não bate. Todo mundo sabe que ele bate e o Edson dá uma de bonzinho
 
valmir
valmir - 20 de Julho às 06:56
e a mídia nada tem a ver com esse carnaval de horror não é????