SIGA O EM

Mulher de Macarrão presta depoimento em BH

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 268701, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Paulo Filgueiras/EM/D.A.Press', 'link': '', 'legenda': 'Jorgiane ficou cerca de duas horas prestando depoimento', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2010/07/16/169252/20100716183557978778u.jpg', 'alinhamento': 'left', 'descricao': None}]

postado em 16/07/2010 17:58 / atualizado em 16/07/2010 18:51

Amanda Almeida

Paulo Filgueiras/EM/D.A.Press
 

A mulher do amigo de infância do goleiro Bruno, Luiz Henrique Romão, conhecido como Macarrão, foi intimada pela polícia para prestar depoimento, na tarde desta sexta-feira, no Departamento de Investigações (DI). Grávida de nove meses, Jorgiane Tabila de Oliveira, chegou ao DI por volta das 14 horas, e ficou cerca de duas horas no local.

Quando saiu, o advogado de Tabila, Wasley César Vasconcelos, pediu aos repórteres que não fossem atrás dela em respeito por ela estar grávida. O advogado disse que a polícia tentou coagir a cliente para que ela confirmasse a participação de seu marido no crime.

Além disso, Vasconcelos contou que, ao ser questionada sobre a tatuagem do marido, Jorgiane disse respeitar a amizade deles, que começou logo na infância.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
luna
luna - 18 de Julho às 12:12
não tem nada haver com o crime? era o macarrão o pai do filho dela? quem sabe os traficantes? ou o comando vermelho? rsrrssrsr...
 
jairo
jairo - 18 de Julho às 03:20
Bruno, se vc provar que não participou deste suposto crime e for absolvido,volte para o Galo, pode ter certeza,a massa te receberá de braços abertos.
 
jairo
jairo - 18 de Julho às 03:14
Este é o Bruno,goleiro do time de maior torcida do Brasil,muito famoso é claro... Prato cheio para a imprensa e para quem gosta de flexes e holofotes. Noutro caso acharam os corpos mas não acharam as cabeças. A maioria dos acusados já estão soltos. No tribunal será fácil a absolvição do Bruno.
 
jairo
jairo - 18 de Julho às 03:00
Minha imparcialidade e reflexão diz: (Não julgues para não ser julgado). Principalmente quando existem diversas contradições,ora foi,ora não foi, em certos depoimentos. Quantos inocentes mofaram atrás das grades por injustiça?
 
jairo
jairo - 18 de Julho às 02:49
Mas vale um culpado solto,que um inocente preso. Na dúvida,absolva o réu. O goleiro Bruno,está sendo massacrado pela imprensa, julgado e condenado pela opinão pública. Respeito o trabalho da polícia, mas a matearide técnica não comprova sua participação e isso é que vai prevalecer no tribunal.
 
Neuza
Neuza - 17 de Julho às 14:43
colocou de quem quem sequestra mata...Quem mente um pouco pode mentir tudo. Pode ser que tenham tido um encontro, desentendido durante ele, ja que havia historico de eu conto pra imprensa, enfim...Mais tudo isto ha de ser provado com o fim do processo, nao creio que a justica deixar pontos obscuros
 
Neuza
Neuza - 17 de Julho às 14:40
Nao dessista Sr. Alexandre, esta indo bem! Como disse anteriormente pode ser que nem sequestro tenha tido haja visto, que temos ai uma meia verdade, e uma meida verdade atestada pelos técnicos que fizerem a analise. A lei nao admite meias mentiras ou é,ou nao é. Partindo do mesmo principio que o Sr.
 
alexandre
alexandre - 17 de Julho às 14:19
Ora , E o liquido que ela disse ter bebido e as substancias abortivas encontradas ? Com essa ai eu desisto! lembre-se que prisão deles se deu por sequestro no Rio!
 
Neuza
Neuza - 17 de Julho às 13:36
Resultado este que segundo os tecnicos nao havia presenca nenhuma dos dez comprimidos que a moca disse ter sido obrigada a tomar...Se nao existia comprimidos poderia nao existir siquer sequestro.Deixando claro que estamos falando em tese sem comprovacao, nao estou afirmando so supondo.
 
Flammarion
Flammarion - 17 de Julho às 13:06
Até agora não foi revelado para a Sociedade quem contratou o "Bola" e nem de que forma ele foi pago" Nas alturas do campeonato, essas informações devem ter sido apagadas e destruídas. Quem está sendo protegido nessa história? Provavelmente o "Bola" era melhor remunerado do que os professores de MG"
 
alexandre
alexandre - 17 de Julho às 13:02
Sra Neusa, quem sequestra na maioria das vezes também mata, e esse historico ele ja tem no processo anterior , processo este que ficou parado , sem resultado de um exame que demorou estranhamente mais de 6 meses para ficar pronto, para bruno deve ter sido simples providenciar esse atraso também.
 
Flammarion
Flammarion - 17 de Julho às 12:56
Talvez fosse necessário contratar Fernandinho Beira-mar para combater o tráfico. Se ele sabe como faz, deve saber como prevenir também.
 
Flammarion
Flammarion - 17 de Julho às 12:55
Helvécio ninguém nessas alturas questiona a qualificação do mesmo e sim a indole do mesmo, já que foi exonerado da corporação. Então devo pressumir que dentro de sua linha de pensamento se o Estado contratar a médica Gabriela para cuidar das crianças não há mal nenhum?
 
Neuza
Neuza - 17 de Julho às 12:44
Isto não e simplista senhor Alexandre. e falar o que vem na cabeça e ter atitudes impensadas. Não estamos falando disto estamos falando de assassinato e distancia entre os dois é astronômica. Não sejamos hipócritas todos conhecemos pesoas que falam bobagens, agora assassinar e outra coisa.l
 
Neuza
Neuza - 17 de Julho às 12:44
E depois já disse se provado for ele paga, simples assim. Não estou entendendo qual a celeuma do senhor, já que deixei claro não defender o assassinato nem erros do Bruno, apenas a serenidade e verdade na hora de concluir este lamentável episodio.
 
Neuza
Neuza - 17 de Julho às 12:44
Das duas uma o senhor realmente não esta entendendo o que eu falo, ou esta tentando colocar palavras em minha boca, isto é pensamento simplista pra dizer outra coisa.
 
Marcus
Marcus - 17 de Julho às 12:40
Quem conhece a Djanira, e o Visconde de Barbacena?
 
alexandre
alexandre - 17 de Julho às 12:32
é simples mentir que não à via ha 3 meses, é simples dizer que ainda ia rir disso tudo , é simples envolver um menor nessa sujeirada toda. Sra essa é a mentalidade dele e isso misturado com excesso de dinheiro e fama é um perigo! Ele se acha ou achava acima do bem e do mal e agora espero que aprenda!
 
alexandre
alexandre - 17 de Julho às 12:27
Srª Neusa, Essa linha de pensamento simplista é a inha de pensamento que o Bruno vem demonstrando ter na vida . Foi simles sequestra-la e dar remedio abortivo. é simples ter 2 amantes é simples sair chutando portas de vestiarios ,é simples dar uma declaração como aquela de sair no braço com mulher,
 
helvecio
helvecio - 17 de Julho às 12:22
Se ele deu treinamento é porque ele é qualificado, bom de serviço.. o que tem haver ser qualificado e dar treinamento. Se é culpado, cumpra sua pena, isso não tira a sua qualificação.
 
elias
elias - 17 de Julho às 12:18
que o bruno ta nisso ninguem duvida e todos os outros envolvidos senao ja teriam provado o contrario de tudo que foi falado até agora.mas estamos vendo a busca por provas materiais deixar esse povo maluco---
 
elias
elias - 17 de Julho às 12:17
as vz se peca pelo exagero,a mulher gravida de 9 meses,(uai,nao nasceu ainda?)de qualquer forma ,falta de respeito por uma vida que ainda nem nasceu,se os envolvidos nao falam nada é muita BURRICE imaginar que uma mulher gravida com o filho nascendo vai ter sido incluida nisso ou sabe de algo.
 
Flammarion
Flammarion - 17 de Julho às 11:52
Quanto o "Bola" recebeu para dar esse treinamento ou como algumas pessoas preferem falar quanto recebeu por participar disso. Recebia contracheque ou era através de empenho?
 
Flammarion
Flammarion - 17 de Julho às 11:51
O que a Sociedade quer e precisa saber é quem solicitou a contratação, quem autorizou, quais foram as bases contratuais, quem pagou.
 
Flammarion
Flammarion - 17 de Julho às 11:51
Core Mince, o "Bola" dava treinamento sim. O vídeo mostra o mesmo sendo homenageado. Em vídeo mostra o mesmo usando farda de treinamento, colete da Polícia Civil e arma. Não estava sapeando e auxiliando em tarefas menores como vc disse. O Governo de MG humilhou seus profissionais ao permitir isso.
 
Neuza
Neuza - 17 de Julho às 11:48
Sr.Alexandre Moraes, não sou a Adriana Cunha, e o observar temos colocações diferentes embora eu respeite os questionamentos dela. Quanto à terminologia que usarei. %u201CVadia%u201D, %u201CTrepadinhas%u201D e etc farei para seguir seu raciocínio, não o fiz ate agora.
 
Flammarion
Flammarion - 17 de Julho às 11:47
Core Mince, em nenhum momento eu coloquei em credibilidade a Polícia Civil do Estado de Minas Gerais. Conforme em comentários anteriores eu acredito que o conjunto de policiais que fazem parte da Polícia Civil devessem ser tratados com mais dignidade. continua........
 
Neuza
Neuza - 17 de Julho às 11:30
Sr.Alexandre Moraes, não sou a Adriana Cunha, e o observar temos colocações diferentes embora eu respeite os questionamentos dela. Quanto à terminologia que usarei. %u201CVadia%u201D, %u201CTrepadinhas%u201D e etc farei para seguir seu raciocínio, não o fiz ate agora.
 
Neuza
Neuza - 17 de Julho às 11:29
E antes que diga que devo concordar por defender o goleiro etc. etc. etc. Não e este o caso, só discordo que tenhamos uma linha de pensamento tão simplista para algo tão complexo, todo caso tem dois lado, por mais sórdido regras imutáveis da natureza, e neste caso ao contrário do senhor que
 
Neuza
Neuza - 17 de Julho às 11:29
Pensa pela indignação eu penso com a razão e apenas com ela. Mas vamos ao que interessa... Ele não precisava se disfarça palavras do senhor mesmo já que era o grande Bruno era só abrir o vidro e dar autógrafos mais uma razão para não ir à noite. Quanto a dar uma trepadinha no motel com a loira e rela
 
Neuza
Neuza - 17 de Julho às 11:29
Já que exibicionista chegaria no dia seguinte à tarde helicóptero para o jogo, doaria um jogo de camisa para os necessitados e sairia definitivamente da cena do crime. Ora seu Alexandre por mais que eu respeite sua indignação não faz o menor nada do que usou para justificar, e simples demais.
 
Neuza
Neuza - 17 de Julho às 11:28
Pela ultima vez não estou defendendo assassino, só olhando a coisa por outro lado. Este moco pode sim contra todas as evidencias ser inocente, não precisamos de mais desgracas neste caso, já tivemos dimais então paremos de pensar como indignado e passemos a pensar como seres inteligíveis
 
Neuza
Neuza - 17 de Julho às 11:28
Que somo é só isto, mais nada. De novo reitero provada sua culpa pensa que deve pagar pelo que fez, mas não vou ficar aqui promovendo linchamento virtual para agradar quem quer que seja não chuto cachorro morto, penso e assumo o que eu penso e quem não gosta do que penso paciência.
 
Neuza
Neuza - 17 de Julho às 11:28
Não ataco policia, não defendo assassino, mas penso diferente da maioria. Não gosto de nada feito na emoção, não acredito em nada que e decidido porque sente. A emoção e o sentimento e o grande vilão das desgracas e geram cada vez mais violência e sofrimento.
 
Jorge
Jorge - 17 de Julho às 09:18
Particularmente, acho que fizeram alguma coisa com a Samúdio e por isso a investigação tem que bem feita para descobrir o que realmente aconteceu mas não estou gostando da forma como a polícia está levando o caso. Sensacionalismo demais acaba atrapalhando.
 
Gilberto
Gilberto - 17 de Julho às 06:34
Bruno achava que era DEUS?chegou um dia em Neves de helicopetro possando de pop star.Gostava de festinhas chegou ate fechar o kiosk em Neves para suas festas
 
alexandre
alexandre - 17 de Julho às 03:43
Cabeça do bruno: "Quem nunca saiu na mão com uma mulher? mulheres tinha 4 Dayane, Fernanda Ingrid e a outra Elisa que tinha uma criança e que ele ia eliminar , afinal era uma vadia mesmo, atriz porno, garota de aluguel dificilmente iam fazer confusão pelo sumisso dela!" Doente mental !
 
alexandre
alexandre - 17 de Julho às 03:42
outro motivo para ir logo depois do jogo: Aproveitar que era de noite , muito mais facil passar por barreiras ninguem veria feições no rosto caso o carro fosse parado qualquer coisa era abrir o vidro se apresentar como o grande Bruno e pronto!
 
alexandre
alexandre - 17 de Julho às 03:41
Esse Bruno se acha o Centro do mundo, é um doente frio e calculista , mas ainda bem que é burro! mais uma prova da premeditação o carro nem alugado era , era emprestado propositamente , ninguem reconheceria
 
alexandre
alexandre - 17 de Julho às 03:39
continuando.. com a loira Fernanda por umas seis horinhas das 7 as 13 horas , e como ele iria rir disso tudo depois não nada de mal em levar a sua presa a tira colo , pois ela ia virar comida de cachorro, concreto e cinzas mesmo, e isso no meio de tantos compromissoos como churrascos peladas etc..
 
alexandre
alexandre - 17 de Julho às 03:39
Srª Neusa silva que parece ser a mesma Adriana Cunha, O motivo dele sair a noite é a sua frieza incomum pois ele tinha um jogo de futebol (pelada) na tarde do dia seguinte , e estava com tanta pressa que resolveu dar uma dormidinha num motel uma relaxada na banheira de hidromassagem, umas trepadinhas
 
Pedro
Pedro - 17 de Julho às 01:05
AS MÃES DINA JÁ COMEÇARAM COM AS ADIVINHAÇÕES. ISSO É CASO PARA A POLÍCIA E A JUSTIÇA DEFINIR QUEM SÃO OS CULPADOS. AINDA NÃO É O MOMENTO DA SOCIEDADE CONDENAR. VAMOS ESPERAR O JURI.
 
Neuza
Neuza - 17 de Julho às 00:01
Por que um homem após um exaustivo jogo de futebol, alugaria um carro, dirigiria madrugada afora como um louco levando multas e correndo risco de bater e se matar? Para cometer um assassinato, que segundo investigações estava friamente planejando a meses?Não faz o menor sentido!
 
Neuza
Neuza - 17 de Julho às 00:01
Se ele tivesse planejando isto o faria de forma tranqüila, e não desenfreada e cansativa.Ele estava correndo para evitar algo, provavelmente contra o tempo. O que veio quando chegou em Minas ainda é um mistério, mas que não saiu do Rio depois do jogo do flamengo para matar, não saiu mesmo!
 
core
core - 16 de Julho às 23:55
Mas a demora nas punições causou isso. Já vc Adriana tá causando apenas confusão. De uma valorosa defensora dos DDHH, se tornou uma acusadora feroz, beirando o egocentrismo. Parou de defender a presunção de inocência para atacar, e só. Já entendemos seu recado,pula pra outra?
 
core
core - 16 de Julho às 23:49
Flammarion, o Estado nao pagou o Bola para treinar ninguém!O GRE usava o sitio, o Bola ficava "sapeando" e auxiliando em tarefas menores. Pergunte quem fez o curso (PRF, PF, PM)e vera que o pessoal é mto competente.Meia dúzia pos na lama todo um grupo eficiente.
 
anelia
anelia - 16 de Julho às 22:53
ish,se essa aí for o quaresma o bruno ta ferrado rs,ja pensou um advogado defendendo o cara so aki na página da net,aiai bruno,se eu fosse vc me inforcaria na cela,huashuashuashuashuashuashuashuashuashuahas
 
anelia
anelia - 16 de Julho às 22:50
rs,até o macarrão é casado,muito interessante é a mulher grávida,mio dios,quanto mais eu rezo mais assombração aparece,será q é mais uma corna conformadda rsrs,o comédia mexicana virou isso tudo....
 
AP
AP - 16 de Julho às 22:37
Adriana Cunha...mostra seu verdadeiro nome. Será Erico Quaresma? Só um bobo para acreditar que é um leitor que está escrevendo estes comentários.
 
FRANCISCO
FRANCISCO - 16 de Julho às 22:30
pode manadar prender que tem culpa no cartorio nao e possivel se voce nao tem nada aver com o problema para que levar advogado (ladrao formado) so se tiver culpa
 
Flammarion
Flammarion - 16 de Julho às 21:49
Apesar do Governo de Minas Gerais ter contratado um ex-policial para dar treinamento para a Polícia Civil, eu acredito e confio nos trabalhos que estão sendo conduzidos e que nos chegam ao conhecimento pela imprensa.
 
Flammarion
Flammarion - 16 de Julho às 21:34
Se foi para se vingar dela ou não pagar pensão e até mesmo para cobrir chantagem, é fato de que o Bruno e demais suspeitos estão diretamente ligados à sequestro, tortura e possívelmente a morte de Eliza. Concorda Adriana Cunha?
 
Flammarion
Flammarion - 16 de Julho às 21:32
Adriana Cunha, pelos seus comentários, parece que você tem algum problema pessoal com o Edson Moreira. Independente das acusações que vc faz a ele, as provas de envolvimento do Bruno e dos outros suspeitos são incontestáveis.
 
Luis
Luis - 16 de Julho às 21:18
Essa Adriana iria valorizar o trabalho da polícia se fosse um filho(a) dela que tivesse sido assassinado(a) dessa forma tão desumana. Ou então vc é uma das marias chuteiras do Bruno
 
Bruno
Bruno - 16 de Julho às 21:18
AC, fica defendendo o coitado, va la na hungria fazer a visita intima dele, se é que ele pode receber visita. Vai trabalhar ao invés de ficar qustionando o trabalho de quem é reconhecido por todo o Brasil como uma das melhores polícia. Se liga mulher, desse jeito você poderá ser a proxima vítima.
 
core
core - 16 de Julho às 20:36
Se fosse para esconder participação de policiais, era so procurar o tal negro alto, e nao o Bola, uma vez que, ao prende-lo, "ressucitou" os casos do grupo de extermínio. E no RJ, pq o Bruno tb tem mandado lá?tão inocente assim?
 
core
core - 16 de Julho às 20:33
Adriana, te parabenizo pela posição firme,mas se vc tem informações que provam a questão do tráfico,disponibilize-as!Vc que se diz crítica, e é, nao confie no que aparece em cartas anônimas.Conheco o José, o caso dele foi emblemático,mas as provas neste,tao vindo de forma diferente.
 
Eduardo
Eduardo - 16 de Julho às 20:05
Casos como este, deveriam estar nas maos dos federais. È muita repercursao e gente querendo aparecer.
 
marcelo
marcelo - 16 de Julho às 20:03
Adriana cunha, estou contigo, assino em baixo!
 
Gilson
Gilson - 16 de Julho às 20:01
Essa AC tá em todas as noticias, sempre contestando o trabalho da policia. Estranho...
 
ana
ana - 16 de Julho às 19:36
esta ai deve ser parente do goleiro.. a policia de homicidios caso ela não saiba eh uma das melhores do pais.
 
Adriana
Adriana - 16 de Julho às 18:44
cometendo o mesmo erro o delegado,coagindo pessoas..foi assim no caso cleves,arrumou testemunhos falsos, luva,revolver
 
Adriana
Adriana - 16 de Julho às 18:35
que trabalho mal feito do delegado,nem começou e ja diz que ta no final....vergonha da policia mineira..resolveram jogar tudo pra cima do bruno,para esconder o envolvimento dos policiais,na chanta gem que eliza fazia,para esconder trafico