SIGA O EM

Adolescente mentiu sobre o suspeito de executar Eliza, diz delegada

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 268702, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Paulo Filgueiras/EM/D.A Press', 'link': '', 'legenda': 'Menor prestou depoimento no Ceip do Bairro Horto onde est\xe1 internado', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2010/07/16/169250/20100716175939242184u.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': None}, {'id_foto': 268703, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Paulo Filgueiras/EM/D.A', 'link': '', 'legenda': "Mapa montado pela pol\xedcia mostrando o caminho do s\xedtio de Bruno at\xe9 a casa de 'Bola'", 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2010/07/16/169250/20100716190154943666e.jpg', 'alinhamento': 'right', 'descricao': None}]

Paulo Filgueiras/EM/D.A Press

Em entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira, as delegadas Ana Maria Santos e Alessandra Wilke, e o chefe do Departamento de Investigação da Polícia Civil, Edson Moreira, deram mais detalhes sobre as investigações do sumiço e morte de Eliza Samudio. A Polícia Civil avança para a finalização do inquérito baseada nas versões das testemunhas, principalmente do adolescente primo de Bruno, que denunciou o crime. Segundo a polícia, ele mentiu sobre o executor de Eliza por medo. 

A delegada Ana Maria Santos esclareceu que o menor, desde que chegou a Belo Horizonte, no dia 13 de junho, foi interrogado com autorização do juiz da Vara de Infância e Juventude. Ele é ouvido sob procedimento legais e totalmente assistido do ponto de vista jurídico. A afirmação da delegada responde à alguns comentários do advogado Ércio Quaresma, que pretendia desqualificar o depoimento do adolescente.

Ana Maria fez questão de enfatizar que o jovem tem sido interpelado com respeito ao ritmo e aos limites de um menor de idade. Segundo ela, o jovem narrou novamente detalhes do crime contra Eliza. Ele também deu informações importantes da vida pregressa. Para a delegada, o passado do menor confirma o envolvimento dele no "submundo do crime".

Paulo Filgueiras/EM/D.A
O adolescente afirmou ter recorrido ao tio, que fez a denúncia na Rádio Tupi, do Rio de Janeiro, gerando uma reviravolta nas investigações do desaparecimento de Eliza. O menor procurou o parente porque se sentia perturbado com a execução da modelo, não conseguia dormir bem e pensava repetidamente na imagem da ex-namorada de Bruno. Em busca de apoio emocional e segurança, o adolescente pediu ajuda do tio.

Segundo Ana Maria, o menor estava morando com Bruno e Macarrão e foi convidado a “dar um susto” em Eliza Samudio. O convite foi feito por Luiz Henrique Romão, depois de considerar que a modelo estava perturbando a vida de Bruno. Ela entrava em contato com o goleiro pelo rádio pedindo dinheiro e querendo auxílio na criação do filho, um bebê de quatro meses que seria filho do goleiro. Macarrão ficou incomodado com a insistência da moça e chamou o menor para o possível crime.

Sobre as dúvidas a respeito da presença de Marcos Aparecido, o Bola, no local crime, a delegada esclareceu a confusão do menor ao descrever a cor da pele do suspeito de executar Eliza. Ele havia dito que o homem era negro com a intenção de confundir a imprensa, pois sabia que os fatos seriam divulgados. O menor mostrou nos depoimentos um certo medo do executor, que lhe remete a um filme de terror. Segundo a delegada, quando a polícia apresentou a foto de Bola ao adolescente, ele se sentiu perturbado.

O último depoimento do rapaz aconteceu na quinta-feira. Nesta sexta, depois de orientação do advogado, o menor disse que só falaria em juízo, seguindo a mesma postura dos outros envolvidos no crime. Segundo Edson Moreira, o jovem foi ouvido até que o advogado “calasse a boca dele”. O delegado afirma que a versão do menor é contundente. A polícia montou um mapa com as descrições feitas por ele, que mostram o caminho percorrido com a vítima, do sítio do goleiro Bruno até a casa de Bola, em Vespasiano.

Bruno e Macarrão

Segundo o delegado, Bruno Fernandes e Luiz Henrique Romão devem prestar depoimento na próxima semana para que sejam feitas as costuras finais do inquérito. Para ele, as investigações estão em um patamar avançado, mesmo com a tentativa de alguns advogados em desqualificar as testemunhas.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Henrique
Henrique - 19 de Julho às 13:31
Eu acho que deva levar todos envolvidos juntos na cena do crime para ver a reação de cada um. Todos no fundo são culpados . Porque não da uma prensa no tal do Bola para ele falar onde enterrou o corpo.
 
Willian
Willian - 18 de Julho às 23:32
A policia acredta no que eles querem! Acreditaram na história mirabolante contada pela Menor kk coitado do tal bola não acharam nada na casa dele que cão tinha comido a mão e claro cm certeza nunca foi o Bola! e sim esse negro alto que agora a policia quer esconder!
 
Marcus
Marcus - 17 de Julho às 13:34
Djnira cadê voce minha filha? E o Juvenal que até agora não apareceu. Ricardo Eletro continua liquidando. Dia 08 de agosto meia maratona da pampulha.
 
Marcus
Marcus - 17 de Julho às 13:14
Alguem viu a Djanira e o Juvenal?
 
José
José - 17 de Julho às 13:02
O maior problema é que mesmo testemunhas inocentes podem se complicar e prejudicar a busca de provas por serem instruídas por advogados criminosos.A mãe do "menor" devia querer que seu filho dissesse a verdade e também fazê-lo ao invés de colaborar com a defesa devia colaborar com a verdade.
 
josevan
josevan - 17 de Julho às 12:36
Estamos diante de um crime com requintes de crueldade, que nos deixa aterrorizado. Porem com todo dificuldade que a polícia encontra-se para produzir provas que comprova a participação dos que estão presos, mas devido o que foi apurado, e suficiente para manter os acusados presos.
 
Andrea
Andrea - 17 de Julho às 12:28
Eu acho impressionante mulher defender bandido, defender um cara que diz q é normal bater em mulher.
 
Andrea
Andrea - 17 de Julho às 12:27
Isso é um triangulo amoroso... depois daquela declaração de amor... não duvido que seja um crime passional. Afinal, ficar com fama de boiola não ajuda ninguém no futebol.
 
José
José - 17 de Julho às 12:19
Lázaro,deixa de ser "maria vai com as outras". A Globo é a emissora que menos fala desse caso do Bruno.Você já viu a Bandeirante e a Record? Sai um pouco da Globo e muda de canal pra variar.
 
Adriana
Adriana - 17 de Julho às 11:23
Neuza Silva Que somo é só isto, mais nada. De novo reitero provada sua culpa pensa que deve pagar pelo que fez, mas não vou ficar aqui promovendo linchamento virtual para agradar quem quer que seja não chuto cachorro morto, penso e assumo o que eu penso e quem não gosta do que penso paciência.
 
Adriana
Adriana - 17 de Julho às 11:09
Juliana santos Eu como cidadã repudio condenação a qualquer um deles pois até agora não está claro que o Bruno, Bola ou Macarrão mataram Eliza. Tem que ter provas reais e não dúvidas.
 
Adriana
Adriana - 17 de Julho às 11:08
Juliana santos o que ver e a policia falando, mas provas nao tem, e muito balela que dessossaram e deram caes para comer...se vc acredita,eu nao
 
Adriana
Adriana - 17 de Julho às 11:05
Não podemos deixar que pessoas sejam condenadas apenas p/ satisfazer o ego de delegado, apresentadores de tv e diretores do Flamengo pois os que estãos lá presos tbem são pessoas que tem famílias e responsabilidades a cumprir> Não podemos deixar que pessoas inocentes sejam condenadas por vaidade de a
 
Neuza
Neuza - 17 de Julho às 11:04
Não ataco policia, não defendo assassino, mas penso diferente da maioria. Não gosto de nada feito na emoção, não acredito em nada que e decidido porque sente. A emoção e o sentimento e o grande vilão das desgracas e geram cada vez mais violência e sofrimento.
 
Neuza
Neuza - 17 de Julho às 11:04
Que somo é só isto, mais nada. De novo reitero provada sua culpa pensa que deve pagar pelo que fez, mas não vou ficar aqui promovendo linchamento virtual para agradar quem quer que seja não chuto cachorro morto, penso e assumo o que eu penso e quem não gosta do que penso paciência.
 
Neuza
Neuza - 17 de Julho às 11:04
Pela ultima vez não estou defendendo assassino, só olhando a coisa por outro lado. Este moco pode sim contra todas as evidencias ser inocente, não precisamos de mais desgracas neste caso, já tivemos dimais então paremos de pensar como indignado e passemos a pensar como seres inteligíveis
 
Neuza
Neuza - 17 de Julho às 11:03
Já que exibicionista chegaria no dia seguinte à tarde helicóptero para o jogo, doaria um jogo de camisa para os necessitados e sairia definitivamente da cena do crime. Ora seu Alexandre por mais que eu respeite sua indignação não faz o menor nada do que usou para justificar, e simples demais.
 
Neuza
Neuza - 17 de Julho às 11:03
na hidromassagem, estamos falando de um mulherengo e um mulherengo com dinheiro. Acha mesmo que algum mulherengo viaja sete horas para dar uma trepadinha em uma mulher que trepa sempre? E a banheira poderia ser usada no Rio com uma comidinha nova que a preferência dos galinhas.
 
Neuza
Neuza - 17 de Julho às 11:03
Pensa pela indignação eu penso com a razão e apenas com ela. Mas vamos ao que interessa... Ele não precisava se disfarça palavras do senhor mesmo já que era o grande Bruno era só abrir o vidro e dar autógrafos mais uma razão para não ir à noite. Quanto a dar uma trepadinha no motel com a loira e rela
 
Neuza
Neuza - 17 de Julho às 11:03
E antes que diga que devo concordar por defender o goleiro etc. etc. etc. Não e este o caso, só discordo que tenhamos uma linha de pensamento tão simplista para algo tão complexo, todo caso tem dois lado, por mais sórdido regras imutáveis da natureza, e neste caso ao contrário do senhor que
 
Neuza
Neuza - 17 de Julho às 11:03
Sr.Alexandre Moraes, não sou a Adriana Cunha, e o observar temos colocações diferentes embora eu respeite os questionamentos dela. Quanto à terminologia que usarei. %u201CVadia%u201D, %u201CTrepadinhas%u201D e etc farei para seguir seu raciocínio, não o fiz ate agora...
 
lazaro
lazaro - 17 de Julho às 11:00
flamengo e um bom time que mata e o goleio kkkkkk se bruno tive ido pra seleçao brasil passaria da fase do mata mata .kkkkkkkk
 
lazaro
lazaro - 17 de Julho às 10:36
Flamengo demitir justa causa e processar bruno . hora que mal bruno fez o flamengo o que aconteceu se aconteceu mesmo foi na vida particular dele . porque flamengo nao processa os dirigentes que tanto roubaram e rouba o flamengo . que isso sirva de exemplo p vc que hoje defende seu time sua empresa
 
lazaro
lazaro - 17 de Julho às 10:34
toda hora policia tem uma versão e diz que Sérgio confessa e incrimina o bruno porem com tanta tecnologia policia nao mostra áudio ou imagem deste depoimento . e fácil ser policia todos sabe que nossa policia gosta de aparecer . globo manda neste pais quando ela vira contra uma pessoa e o fim desta
 
Rafael
Rafael - 17 de Julho às 10:21
Tomara que todos aprodreçam na cadeia. Além de co-participantes ainda mentem. Eu estou torcendo para que a policia consiga juntar provas e torço mais ainda pela condenação, principalmente do Bruno, que agora é presidiário e não mais goleiro.
 
Juliana
Juliana - 17 de Julho às 10:15
Fico impressionada com as pessoas, foram-se os princípios... Essa Adriana tbm tem um desvio comportamental seríssimo. Enquanto vc se preocupa com o passado pregresso do Drº delegado, uma moça foi morta, desossada e entregue a cães, francamente viu! Vc perdeu o foco querida! Favor pensar no crime...
 
Saulo
Saulo - 17 de Julho às 09:04
Acho que ela é uma séria candidata a outra Eliza, só pode, prá defender tanto o Bruno!
 
José
José - 17 de Julho às 09:01
jerusa,a Adriana é um comentarista que o delegado mineiro colocou aqui pra todo mundo ficar com raiva do Bruno.rsrsrsrrs
 
Jerusa
Jerusa - 17 de Julho às 08:42
Até agora eu não entendi qual é a da Adriana. Hei! Tem alguém aí que pode me explicar o papel da Adri nestes comentários?
 
Silvania
Silvania - 17 de Julho às 08:19
Parece que algumas pessoas aqui, estao mais mais interessadas, na ficha do delegado, do que em acompanhar, o desenvolvimento do caso Elisa X Bruno.
 
Gilberto
Gilberto - 17 de Julho às 08:17
Nunca entrei nesses comentários, mas.... Adriana Cunha, VAI TRABALHAR PORRA!!!
 
Marcio
Marcio - 17 de Julho às 07:48
A divulgação detalhada do evento criminoso, bem como a estratégia utilizada pela policia para insvestigaçao, incentiva ao Crime. Tem muito olofotes e exagero nas manchetes. Falta ética e profissionalismo na polícia e no jornalismo.
 
Rosimar
Rosimar - 17 de Julho às 07:43
Tem alguns "comentaristas" aqui, "defensores" de assassinos que deveriam estar no lugar da Eliza...
 
Sakana
Sakana - 17 de Julho às 06:49
Que o Bruno é uma anta todos já sabiam, agora ainda pagou o motel com cartão de débito? Vá ser burro assim lá na PQP... Vai se ferrar assassino de prostituta! Não queria problemas, encapasse a vara.
 
Joracyario
Joracyario - 17 de Julho às 05:15
(2) (cont.) do corpo da Elisa ou algo mais. Ela desapareceu, apenas. E se tudo não for uma armação para comprometer o goleiro do Mengão? Pode ser. Acho que um bom advogado livraria Bruno e ainda humilharia os sherloques mineiros, que falam, falam, mas nada provam. Continuo cético.
 
Joracyario
Joracyario - 17 de Julho às 05:13
(1) Desde o início, vemos que a polícia mineira tem feito tudo para transformar um caso esquisito num show de suspeitas, prisões e depoimentos, sem quaisquier consistências. Reparem que Bruno e Cia estão presos, fichados, por suspeitas e depoimentos do menor. Não há corpo, restos de carnes (continua)
 
alexandre
alexandre - 17 de Julho às 03:17
mais uma prova da premeditação o carro nem alugado era , era emprestado propositamente , ninguem reconheceria!
 
alexandre
alexandre - 17 de Julho às 03:03
outro motivo para ir logo depois do jogo: Aproveitar que era de noite , muito mais facil passar por barreiras ninguem veria feições no rosto caso o carro fosse parado qualquer coisa era abrir o vidro se apresentar como o grande Bruno e pronto.
 
alexandre
alexandre - 17 de Julho às 02:54
Cabeça do bruno: "Quem nunca saiu na mão com uma mulher? mulheres tinha 4 Dayane, Fernanda Ingrid e a outra Elisa que tinha uma criança e que ele ia eliminar , afinal era uma vadia mesmo, atriz porno, garota de aluguel dificilmente iam fazer confusão pelo sumisso dela!" Doente mental !
 
alexandre
alexandre - 17 de Julho às 02:43
Esse Bruno se acha o Centro do mundo, é um doente frio e calculista , mas ainda bem que é burro! Desculpem as mensagens que passei com erros de digitação mas é que essa Adriana Cunha e Neusa chegam a irritar com essa defesa quase que conjugal! consertando: a pelada era no dia seguinte a tarde.
 
alexandre
alexandre - 17 de Julho às 02:29
continuando.. com a loira Fernanda por umas seis horinhas das 7 as 13 horas , e como ele iria rir disso tudo depois não nada de mal em levar a sua presa a tira colo , pois ela ia virar comida de cahorro, concreto e cinzas mesmo, e isso no meio de tantos compromissoos como churrascos peladas etc..
 
alexandre
alexandre - 17 de Julho às 02:24
Srª Neusa silva que parece ser a mesma Adriana Cunha, O motivo dele sair a noite é a sua frieza incomum pois ele tinha um jogo de futebol (pelada) na tarde do dia tarde , e estava com tanta pressa que resolveu dar uma dormidinha num motel uma relaxada na banheira de hidromassagem, umas trepadinhas
 
Remy
Remy - 17 de Julho às 00:16
Irmão de Bruno será levado para Pedrinhas Rodrigo Fernandes Sousa, que é acusado de estupro e cárcere privado no Maranhão, foi preso no Piauí. Aconteça o que acontecer na sua vida! Jamais abandone seus filhos ou a sua familia!!!
 
Geraldo
Geraldo - 17 de Julho às 00:15
Hello Adriana Cunha, Tenho tres palavras para voce: Fuck you bitch!!!
 
Neuza
Neuza - 17 de Julho às 00:08
Por que um homem após um exaustivo jogo de futebol, alugaria um carro, dirigiria madrugada afora como um louco levando multas e correndo risco de bater e se matar? Para cometer um assassinato, que segundo investigações estava friamente planejando a meses?Não faz o menor sentido!
 
Neuza
Neuza - 17 de Julho às 00:00
Por que um homem após um exaustivo jogo de futebol, alugaria um carro, dirigiria madrugada afora como um louco levando multas e correndo risco de bater e se matar? Para cometer um assassinato, que segundo investigações estava friamente planejando a meses?Não faz o menor sentido!
 
Neuza
Neuza - 16 de Julho às 23:59
Se ele tivesse planejando isto o faria de forma tranqüila, e não desenfreada e cansativa.Ele estava correndo para evitar algo, provavelmente contra o tempo. O que veio quando chegou em Minas ainda é um mistério, mas que não saiu do Rio depois do jogo do flamengo para matar, não saiu mesmo!
 
volney
volney - 16 de Julho às 23:57
Adriana Cunha, vc e tao competente.. estuda , passa no concurso para juiza,, chegando a desembargadora.. vc e tao competente amiga. Vc estuda ? se formou ? enfim qual a sua. vc e uma desocupada.Va lavar as roupas , tirar poeira da sua casa.
 
Antonio
Antonio - 16 de Julho às 22:53
Qualé a dessa Adriana tah dando pru Bruno também ou o delegado lhe fez mal?
 
Cristovam
Cristovam - 16 de Julho às 22:15
Quem sabe esta Adriana tambem era amante deste vagabundo bruno ,pois ela so defende ele se sabe tudo vai la e ajuda a policia ai e vc q vai aparecer natv
 
José
José - 16 de Julho às 22:03
Engraçado... muito engraçado mesmo!!! Pela maioria dos comentários postados aqui,eu acho que alguma pessoas estão defendendo o Bruno e condenando as autoridades... Só no Brasil mesmo!!! Aqui, o certo é que é o errado e vice-versa.
 
OLIVEIRA
OLIVEIRA - 16 de Julho às 21:46
Adriana, todos têm o direito da defesa.Porém ao se esconderem atrás do silêncio estão implicitamente confessando o crime. No meu tempo havia um ditato: "quem cala consente".
 
OLIVEIRA
OLIVEIRA - 16 de Julho às 21:44
Ô Adriana, vc já está enchendo o saco e os espaços de comentários. Se vc acha que tem razão em tudo o que diz, vá à barra dos tribunais. Aqui nesse espaço vc não conseguirá nada, a não ser a ogeriza de todos.
 
Adriana
Adriana - 16 de Julho às 21:28
http://www.sjpmg.org.br/novo/gera_conteudo.asp?id_materia=1369 STJ absolve o jornalista José Cleves e arquiva processo COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS - ALMG - 5 /20 http://www.youtube.com/watch?v=IucOF-o_fis
 
Adriana
Adriana - 16 de Julho às 21:28
Delegado caso Bruno - DR. Edson Moreira ja pre julgou,condenou um inocente.A historia pode se repetir novamente.Ele tem agido da mesma maneira no caso Bruno Depoimento Jose Cleves,a luta para provar sua inocencia http://www.observatoriodaimprensa.com.br/cadernos/cid080820014.htm
 
Bruno
Bruno - 16 de Julho às 21:21
Adriana Cunha, vc não trabalha não? Ta tendo vaga aqui na minha empresa...
 
eugenio
eugenio - 16 de Julho às 21:16
Quanto será que já custou tudo isso para os cofres públicos? O pior que sobra exatamente pra todos nós trabalhadores e contribuintes. Imaginem se tudo isso estivesse acontecendo em um país sério, onde a justiça é respeitada e as leis aplicadas. Esse caso já teria sido elucidado. Isso é Brasil!!!!
 
Neuza
Neuza - 16 de Julho às 21:14
E nao poderia estar em dois lugares ao mesmo tempo. Agora o mais legal e que se vc entrar no site da globo neste momento, a hora foi editada, ou apagada. Povo maluco neh? Vai entender errar é humano,so que neste caso nao vale esta maxima, nao e mesmo?
 
eugenio
eugenio - 16 de Julho às 21:11
Tem muito neguinho aí, querendo fazer contrato com a globo. Estão sendo mais atores e estelas, que propriamente investigadores, delegados, advogados, etc e tal. Vão gostar de aparecer assim lá na china!! Entendo que muita coisa devia ser mais sigilosa pra não prejudicar as investigaçoes.
 
Neuza
Neuza - 16 de Julho às 21:11
Aqui pensando, no jornal da tarde da rede globo noticia era que dois carros chegaram por volta das 19.25 ao motel e Bruno estava em um deles...Agora noite era de que ele dirigiu a noite toda para chegar la de madrugada, ate ai tudo bem so seria possivel se fosse assim mesmo, haja visto que jogou
 
Adriana
Adriana - 16 de Julho às 21:08
Moreira chegou a dar duas entrevistas coletivas por dia sobre o caso Eliza, fora conversas rápidas com os repórteres e participações ao vivo em telejornais e programas policiais vespertinos. Nos últimos dias, no entanto, o delegado deu sinais de mudança de comportamento. Desde sexta-feira, não fez
 
Adriana
Adriana - 16 de Julho às 21:08
No entanto, não se cogita tirar Moreira do caso agora, para não atrapalhar o inquérito. Conta o fato de o delegado ser muito experiente. Além disso, uma fonte da cúpula do governo disse que Moreira vive "o ocaso de uma estrela", já que ele tem aposentadoria prevista para meados de 2011. O delegado
 
Adriana
Adriana - 16 de Julho às 21:08
Apesar do currículo, a Folha apurou que, dentro do governo de Minas, o comportamento de Moreira é avaliado como de "absoluta irresponsabilidade". Por isso, a intenção é que a Polícia Civil passe a ter um porta-voz único no futuro.
 
Adriana
Adriana - 16 de Julho às 21:06
A preocupação com a imagem dos acusados, porém, não tem sido o forte de Moreira na investigação do sumiço de Eliza Samudio, ex-namorada do goleiro Bruno. Ele tem externado a convicção de que o goleiro é culpado, mas se defende dizendo que só conta o que as testemunhas lhe falam.
 
Adriana
Adriana - 16 de Julho às 21:06
O delegado conseguiu trancar as investigações em 2008 e 2009 ao recorrer ao Tribunal de Justiça de MG. Para ele, as acusações são fruto de inveja dentro da polícia e de ressentimento de policiais afastados por ele. "Tudo que for para denegrir minha imagem, eu brigo até o fim", disse à Folha.
 
Adriana
Adriana - 16 de Julho às 21:05
Com base em denúncias anônimas e a pedido do Ministério Público, a Corregedoria da Polícia Civil abriu ao menos três inquéritos contra ele sob acusação de corrupção, desvio de verbas de diárias e até facilitação de fuga de presos.
 
Adriana
Adriana - 16 de Julho às 21:05
Autor de frases e acusações polêmicas na investigação do caso Eliza, o delegado Edson Moreira da Silva, 51, chefe da Divisão de Homicídios, reclama na Justiça de ser vítima do que classifica como "denuncismo irresponsável".
 
Adriana
Adriana - 16 de Julho às 21:04
14/07/2010 - 09h08 Delegado do caso Eliza é investigado em três inquéritos em Minas Gerais Publicidade RODRIGO VIZEU HUDSON CORRÊA ENVIADO ESPECIAL A BELO HORIZONTE DE BELO HORIZONTE
 
Adriana
Adriana - 16 de Julho às 21:01
http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/766647-delegado-do-caso-eliza-e-investigado-em-tres-inqueritos-em-minas-gerais.shtml 14/07/2010 - 09h08 Delegado do caso Eliza é investigado em três inquéritos em Minas Gerais
 
OLIVEIRA
OLIVEIRA - 16 de Julho às 20:54
Dr. Edson... Convoca o Dr. Dolittle para uma conversinha com os cães... Eles vão dar a dica final!
 
Adriana
Adriana - 16 de Julho às 20:49
que trabalho mal feito do delegado,nem começou e ja diz que ta no final....vergonha da policia mineira..resolveram jogar tudo pra cima do bruno,para esconder o envolvimento dos policiais,na chanta gem que eliza fazia,para esconder trafico
 
Adriana
Adriana - 16 de Julho às 20:47
BOMBA SOBRE O INSPETOR,QUE POSOU DE SANTO NATV. http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/768211-ex-integrantes-de-grupo-treinado-por-suspeito-de-matar-eliza-criticam-imprensa.shtml 16/07/2010 - 20h10 Ex-integrantes de grupo treinado por suspeito de matar Eliza criticam imprensa
 
Eliel
Eliel - 16 de Julho às 20:36
Adrian e Hermes,o que tem a ver o cabelo da delegada?Flmenguista arranja de tudo pra justificar seus podres,vão lavar louça...
 
José
José - 16 de Julho às 20:31
Quando saiu aquela matéria sobre o pai pobre, velho e analfabeto que teve filhos com duas filhas, não vi tanto empenho assim da nossa nobre advogada de defesa Adriana. Mas para o Bruno que não precisa de defesa gratuita aí chove gente ofendida com o rigor de nossa sociedade em pré-julgar.
 
alcione
alcione - 16 de Julho às 20:28
Por que será que todo advogado "fraco" tenta distorcer os fatos. (Desculpe o trocadilho).
 
José
José - 16 de Julho às 20:26
No fundo é tudo farinha do mesmo saco e o que vale é a máxima: para os meus amigos, tudo; para os meus inimigos, o rigor da lei.
 
José
José - 16 de Julho às 20:25
Adriana,você até que tava indo bem mas se perdeu no meio do caminho.No início parecia que defendia os direitos dos acusados de modo imparcial,agora, tá na cara que defende é o Bruno e não tá nem aí pra decência e justiça.
 
fernandes
fernandes - 16 de Julho às 20:23
neste caso temos vários atores querendo aparecer, a Dra. loura carioca,ssssssssssss, a Dra. chapinha, cada uma disputando mais quem leva qual suspeito para aparecer mais na frente das câmeras de televisão, só que a policia está igual barata tonta, cada hora vai para um lado, estão perdidinhas.
 
Fernando
Fernando - 16 de Julho às 20:17
Um dia o delegado falastrão usa a imprensa para dizer Bruno assistiu in loco o crime. Depois, surge a delegada desmentindo a versão. Essas incoerências são suficientes para colocar a policia sob suspeita. Tudo que o verdadeiro criminoso quer para se livrar da condenação. Hora da PF entrar no caso.
 
hermes
hermes - 16 de Julho às 20:17
Alguns já condenaram O BRUNO e o BOLA, e se forem INOCENTES, aonde irão se esconder?
 
hermes
hermes - 16 de Julho às 20:15
concordo plenamente com a ADRIANA CUNHA, a Dra. CHAPINHA é feinha, além de extremanente incompetente.
 
Lucélia
Lucélia - 16 de Julho às 20:12
A justiça nào dá direitos a criminosos, apenas segue as leis. Eles tem o direito de não falarem agora, porém se manterem, o silêncio em juizo poderá ser interpretado contra eles. O processo ainda nem começou... muitos atos ainda ocorrerão. E caso eles não tenham defesa, o julgamento não será válido.
 
Eduardo
Eduardo - 16 de Julho às 20:01
A policia tem que correr para concluir este inquerito, pois ja deu tempo de mais para que os acusados articulem uma versao falsa. Quanto ao silencio dos acusados, tudo bem, quem nao tem nada a dizer ta aceitando as acusações.
 
Willian
Willian - 16 de Julho às 19:37
Advogado que defende bandido = bandido. Leis, por favor, mudem! Brasil! Mude! Atitude!
 
Maria
Maria - 16 de Julho às 18:50
É uma vergonha como a justiça dá tantos direitos a criminosos. Poder ficar em silêncio é um absurdo!Deram tempo demais a eles para que construíssem uma "verdade"."Que país é este?"
 
Adriana
Adriana - 16 de Julho às 18:37
kkkkkkkkkk quem vai acreditar na dra chapinha,querem a todo custo, esconder o verdadeiro executor,que e um negro,policial
 
Adriana
Adriana - 16 de Julho às 18:35
que trabalho mal feito do delegado,nem começou e ja diz que ta no final....vergonha da policia mineira..resolveram jogar tudo pra cima do bruno,para esconder o envolvimento dos policiais,na chanta gem que eliza fazia,para esconder trafico
 
Jota
Jota - 16 de Julho às 18:27
Advogados devem defender seus clientes mas não tumultar as investigações como estão fazendo os advogados dos suspeitos.Isto só serve para deixar verdadeiros bandidos soltos ou inocentes presos. Precisam ser éticos e guardiões dos bons costumes. Que prevaleça sempre a justiça.
 
Jota
Jota - 16 de Julho às 18:23
O que se gastou de tempo e dinheiro, que nós contribuints pagamos, para descobrir o corpo da vítima é muito grande. Considerando que os advogados não querem colaborar para a elucidação do crime,acho que ao final do processo, sendo eles culpados, deverão pagar todas as despesas feitas até hoje.
 
Joao
Joao - 16 de Julho às 18:21
NAO ACredito que um juiz serio ira dar credito a um mento que de suspeito de homicídio se torna tambem testemunha, menor ouvido pela policia com autorização da policia (Juiz da cara de menor) sem a presença de um pai ou de medico psiquiatra (ele é viciado) sem advogado, s em testemunha. Poxa RESPEITO