SIGA O EM

Advogados recorrem ao STJ para libertar Bruno

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 268718, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Paulo Filgueiras/EM/D.A Press', 'link': '', 'legenda': 'Frederico Franco reafirmou que a pris\xe3o \xe9 ilegal', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2010/07/16/169189/20100716125541155922u.jpg', 'alinhamento': 'right', 'descricao': None}]

postado em 16/07/2010 12:37 / atualizado em 16/07/2010 20:07

Paulo Filgueiras/EM/D.A Press
Os advogados de defesa do goleiro Bruno vão recorrer ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília, para tentar libertá-lo da prisão, uma vez que o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) negou o pedido de liminar na quinta-feira. Para um dos advogados de defesa, Frederico Franco, o pedido de prisão temporária é ilegal e os requisitos necessários para prender o atleta não foram colocados de forma clara. “O Bruno tem residência fixa e não evadiu. Isso é uma firula jurídica. Não há argumentos para manter o meu cliente preso”, disse Franco, que atribuiu ao clamor público a decisão do TJMG de manter o goleiro preso. Ele ressaltou que o caso teve repercussão mundial.

Franco explicou que o TJMG negou o pedido de liminar, mas que ainda não julgou o mérito do habeas corpus. Segundo o advogado, a 4º Câmara Criminal tem o prazo de 40 dias para isso. “Já podemos buscar o STJ em função da negativa de liminar para colocar o Bruno em liberdade”, completou o advogado.

A mulher do goleiro Bruno, Dayanne Rodrigues do Carmo Souza, que está presa na Penitenciária Feminina Estevão Pinto, em BH, chegou na manhã desta quinta-feira ao Departamento de Investigações (DI) para prestar seu primeiro depoimento formal depois de presa, segundo a delegada Alessandra Wilke, da Delegacia de Homicídios de Contagem.

Sem acareação

A delegada descartou a possibilidade de acareação entre os suspeitos de envolvimento no desaparecimento e assassinato de Eliza Samudio. Há informações de que Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, também está a caminho do DI. O advogado Frederico Franco adiantou que seus clientes vão permanecer calados e só falarão em juízo.

A delegada Alessandra Wilke informou que o adolescente, que continua internado no Centro de Internação Provisória (Ceip) do Horto, Região Leste de Belo Horizonte, será levado posteriormente ao sítio do goleiro Bruno. Em depoimento, o menor disse ter visto Eliza ferida e mantida em cárcere privado no imóvel do atleta.

A Polícia Civil informou que a carta entregue a uma emissora de TV de BH, suspotamente escrita por uma empregada doméstica do sítio de Bruno, é anônima e não tem valor legal, mas que a polícia vai averiguar as informações contidas no documento.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
roberto
roberto - 16 de Julho às 23:17
ainda bem que tem este caso Bruno pra divertir o país.As novelas da Globo estão chatíssimas, não passando de 40 pontos de audiências. Já o engodo Bruno....e a Polícia - tá mais perdida que a Eliza
 
carlos
carlos - 16 de Julho às 17:38
FORA DILMA TERRORISTA. SE FOR A FUNDO A INVESTIGAÇÃO CHEGARÁ NA SANGUINÁRIA TERRORISTA DA VAR-PALMARES. DILMA TEM LIGAÇÃO COM ESSA QUADRILHA.
 
Nilson
Nilson - 16 de Julho às 17:33
Este caso já está virando piada. Que vergonha para a Polícia Civil, vão cair no ridículo.
 
Amavel
Amavel - 16 de Julho às 16:28
É preciso ir a fundo sobre este grupo de extermínio que treina a Polícia civil. Como pode o desgoverno de MInas financiar treinamento de grupo de extermínio? Isto é o choque de gestão. Fora esta corja que desgoverna Minas por 8 anos.
 
Marcus
Marcus - 16 de Julho às 16:15
Vou tomar um belo vinho e comer um Fondue a noite. Compre na Ricardo Eletro ele ta liquidando
 
viviane
viviane - 16 de Julho às 16:15
Esse caso do Bruno ainda vai revelar muita coisa, ta um quebra cabeça e a polícia ta desesperada para conseguir provas materiais que incriminem o Bruno... Ate agora só conseguiram prova para o sequestro, mas cade as provas do homicídio???? Vai acabar em pizza!!!!!!
 
Marcus
Marcus - 16 de Julho às 15:54
Quem conhece o Juvenal ea Djanira
 
Neuza
Neuza - 16 de Julho às 15:48
Pois é Solange, ele jogou as 18.30 no RJ, considerando 90 min de partida e intervalo ate as nove da noite estava no estadio e mais 400 kms pela frente...Impossivel estar em dois lugares ao mesmo tempo. Qto aoo cartao de debito e sabido que o Macarrao tinha a senha do mesmo para fazer saques.
 
Mário
Mário - 16 de Julho às 15:44
A coisa está tão feia para o candidato do PSDB que aqui em minas, a imprensa comprada não permite mais "comentários dos leitores" dizem que é restrição da lei eleitoral! Essa Azia ninguém quer! Em todas as pesquisas o melhor resultado para esse candidato é esse. A derrota é "favas contadas"!
 
Solange
Solange - 16 de Julho às 15:39
Não estou acuso o Bruno e nem o defendo. Acho este caso simplesmente lamentável. Quero apenas dizer que a notícia do G1 deixa dúvidas.
 
José
José - 16 de Julho às 15:33
É isso aí Sr. Paulo Guerra, seu comentário é correto e pertinente.
 
Raphael
Raphael - 16 de Julho às 15:30
Acredito q a justiça não deva liberar o bruno e companhia.Está claro que ele teve participação no crime, independente de corpo ou não ele deve ser sentenciado ao tribunal de juri e pagae, o povo vão saber o que fazer. Afinal de contas, a senteça de Eliza e do bebê(sem pai e mãe) o Bruno já deu. Vlw!!
 
José
José - 16 de Julho às 15:29
O Bruno não fez nada para permanecer preso... Ele apenas matou uma das amantes...
 
Neuza
Neuza - 16 de Julho às 15:24
Pois é Solange, ele jogou as 18.30 no RJ, considerando 90 min de partida e intervalo ate as nove da noite estava no estadio e mais 400 kms pela frente...Impossivel estar em dois lugares ao mesmo tempo. Qto aoo cartao de debito e sabido que o Macarrao tinha a senha do mesmo para fazer saques.
 
Solange
Solange - 16 de Julho às 15:10
também errei: O flamengo jogou no Rio de Janeiro às 18:30 do dia 5 de junho.
 
alexandre
alexandre - 16 de Julho às 15:08
Erro de Redação ou um carro chegou antes do outro!
 
paulo
paulo - 16 de Julho às 15:01
Se não tem corpo, não tem crime! Oh João Santos! onde tu vive menino, acho que deve ser do ciclo de amizade de Bruno...
 
Paulo
Paulo - 16 de Julho às 15:00
Caros, quanta repercução ocorre com uma notícia ruim... País rico é assim memos, pagamos uma fortuna em impostos e taxas, temos educação, saúde e infra-estrutura deficitárias, mas nosso foco é no problema dos outros e não nos nossos. Enquanto isso os políticos estão fazendo a festa...
 
Solange
Solange - 16 de Julho às 14:47
Algo errado: a A recepcionista de um motel, em Contagem (MG), disse à polícia que, em 5 de junho, por volta das 19h20, chegaram dois carros ao estabelecimento, cada um com três pessoas. Está no G1. Só que o Flamengo jogou no dia 5 de junho no Rio às 8:30! Será que a redação do G1 está certa?
 
alexandre
alexandre - 16 de Julho às 14:25
A tal nova carta depois dessa, não serve para nada , talves só se aproveite essa dica ai do emerson(ser outro nenem) de resto essa empregada tem é que ser presa por querer enganar a policia!
 
Cesar
Cesar - 16 de Julho às 14:24
João Santos, tá faltando instrução e inteligência a você, nobre internauta. A máxima de que "se não tem corpo, não tem crime" já caiu por terra!
 
alexandre
alexandre - 16 de Julho às 14:19
Destrinchando, apos o jogo ele seguiu em dois carros um Bruno,Fernanda e o Bebe no outro Macarrão,o menor e Elisia(chegaram no hotel em 2 carros cada um com 3 pessoas) Ficaram em dois quartos em um um 2 homens com 1 mulher e no outro o casal e o bebe. Sairam do hotel e 40 minutos cheg no sitio
 
alexandre
alexandre - 16 de Julho às 14:06
olha o link ai: http://g1.globo.com/brasil/noticia/2010/07/policia-investiga-ida-de-bruno-motel-antes-da-suposta-morte-de-eliza.html BRUNO BURRO! BRUNO BURRRO!
 
Aurelio
Aurelio - 16 de Julho às 13:57
Ja cantei a pedra, não foi o Bruno, não admito as circunstancia dos fatos e nem mesmo apoio tais atitudes mas ele não seria tão ignorante a esse ponto...... continuo acreditando nele, ele esta muito calmo.......
 
alexandre
alexandre - 16 de Julho às 13:53
Não percam os próximos capitulos de : "BRUNO O ASSASSINO BURRO e sua Gang Desastrada" e ainda pagou o hotel com seu cartão de débito!
 
alexandre
alexandre - 16 de Julho às 13:45
O jornal hoje de agora a tarde acabou com qualquer versão de surpresa de bruno em ver elisa no sitio, eles mostraram o hotel em que bruno,fernanda,macarrão,elisa e o menor ficaram na ida para o sitio.Alem disso muitas pessoas viram bruno na cidade. Segura essa Adriana!
 
joao
joao - 16 de Julho às 13:23
Se não tem corpo, não tem crime!Se todos os crimes fossem julgados com essa "provas" apresentadas pelo Dr. Edsom Moreira iria faltar terra para construir presídios para atender a demanda de presos! Está faltando inteligência e instrução nesse caso!