SIGA O EM

Suposta amante de Bruno deve prestar depoimento no Rio

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 16/07/2010 10:13 / atualizado em 16/07/2010 20:07

Cíntia Neves /TV Alterosa , Priscila Robini /

Ag. O Dia
A expectativa é grande em torno do depoimento de Fernanda Gomes Castro, a suposta amante do goleiro Bruno, citada no depoimento do adolescente que confessou participar do sumiço e assassinato da modelo Eliza Samudio. Além de Fernanda, Ingrid Calheiros Oliveira, que seria a atual namorada do goleiro, também foi intimada para prestar depoimento. As supostas amantes de Bruno eram aguardadas na Divisão de Capturas da Polícia do Rio de Janeiro (Polinter) no Bairro Andaraí, na Zona Norte do Rio, na manhã desta sexta-feira. Os advogados das duas mulheres entraram em contato com a diretora da Polinter, Roberta Carvalho, pedindo que os depoimentos fossem remarcados.

Segundo os advogados, as clientes foram intimadas na noite de quinta, muito próximo ao dia em que elas deveriam se apresentar. A Polícia Civil do Rio está colaborando com a investigação da polícia mineira e vai repassar a solicitação dos advogados para os delegados de Minas, que devem marcar as novas datas dos depoimentos para a próxima semana. A delegada Alessandra Wilke, da Delegacia de Homicídios de Contagem, afirmou que não há nenhum pedido de prisão para Fernanda. O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) informou que não foi decretado nenhum pedido de prisão preventiva as duas mulheres.

Confira o especial sobe o caso Bruno

No depoimento, o menor que confessou ter agredido Eliza com coronhadas na cabeça disse que uma mulher loura cuidou do filho da modelo no Rio de Janeiro, antes de a vítima ser levada para Minas Gerais. Como as características físicas são parecidas e Bruno foi visto saindo de sua casa com o carro de Fernanda, a polícia irá investigar o suposto envolvimento da mulher no caso.

Colaborou Juliana Duarte/Super Rádio Tupi