Kassab exige mudança de local da apuração no carnaval de São Paulo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 22/02/2012 11:32 / atualizado em 22/02/2012 13:34

Elaine Pereira /

Depois da confusão e do vandalismo que ofuscaram a eleição da campeã do carnaval de São Paulo ontem, o prefeito  Gilberto Kassab anunciou durante entrevista coletiva na manhã desta quarta que a segurança e o local da apuração devem ser definidos pela prefeitura."É nossa exigência, tem recursos públicos envolvidos, é um grande evento da cidade de São Paulo. Vamos obrigar contratualmente que a apuração seja feita em recinto sob a responsabilidade da prefeitura. Acho que a própria Liga (das Escolas de Samba) vai querer isso. Houve falha no planejamento do evento. Seja no isolamento da mesa, seja na organização das torcidas. Essa é a razão para que seja reformulada a segurança. Quando existe um planejamento adequado não há incidentes", completou.

Kassab disse que a Prefeitura de São Paulo investiu R$ 23 milhões no carnaval deste ano. Segundo ele, a responsabilidade pela segurança no desfile das campeãs deste ano já será da prefeitura. O prefeito informou, ainda, que na semana que vem haverá uma reunião com os representantes da liga das escolas de samba para redefinir o esquema do carnaval do ano que vem, principalmente as questões de segurança.


Kassab acrescentou que cabe à prefeitura, enquanto patrocinadora do envento, fazer uma análise do acontecido para que medidas preventivas possam ser adicionadas para que incidentes possam ser evitados. Gilberto Kassab disse também que após a conclusão da investigação policial haverá punição não só para os envolvidos no tumulto - que já estão presos -, mas também para as escolas se ficar comprovado que elas estão vinculadas à confusão que tomou conta do Parque Anhembi durante a divulgação dos resultados do carnaval na tarde de ontem.

"Aguardarmos a apuração por parte da polícia para que a penalidade seja aplicada aos culpados. Mas o que vai ficar é a imagem de um belo carnaval, com a aparticipação popular cada vez maior, com um número de turistas cada vez maior. A questão específica do incidente não está associada ao carnaval. É um caso de polícia", afirmou.

 

Prisões

Os integrantes das escolas de samba Império de Casa Verde e Gaviões da Fiel, presos nesta terça-feira, 21, acusados de provocar confusão durante apuração das notas dos desfiles das escolas de samba de São Paulo, no Sambódromo do Anhembi, foram transferidos para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Pinheiros, na zona oeste da cidade.

Os dois foram presos e autuados em flagrante por danos ao patrimônio público e supressão de documentos após, na tarde de ontem, invadirem a área onde era feita a leitura das notas da escolas de samba e destruírem os papeis com as avaliações dos jurados, no Sambódromo do Anhembi. Os crimes são inafiançáveis.


Um dos dois vândalos disse ao delegado Oswaldo Nico Gonçalves, da Deatur, que tudo foi combinado entre os diretores das escolas para induzir a Liga das Escolas de Samba a não realizar rebaixamento neste ano, o que não ocorreu. A polícia irá investigar essa informação. Tiago Farias já tem passagem por vários crimes, entre eles roubo e formação de quadrilha.

Em razão do tumulto generalizado durante a apuração das notas do desfile do Grupo Especial de São Paulo, a escola Mocidade Alegre foi considerada campeã de 2012 pois era a que liderava no momento em que os atos de vandalismo interromperam a leitura das notas. As escolas Camisa Verde e Branco e Pérola Negra estavam nas duas últimas posições e caíram para o Grupo I, de acesso.

(com Agência Estado)

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
carlos
carlos - 23 de Ferveiro às 08:57
Com X-9 paulistanas, gaviões, mancha verde, isso que eles chamam de carnaval deveria mudar para um festival de rap, com direito a MCs e racionais e até PCC. Tudo lixo de São Paulo. Até as chamadas escolas de samba tem nomes ridículos.
 
Julio
Julio - 22 de Ferveiro às 15:46
Não que eu não goste do corinthians mais sempre que acontece algum tumulto do tipo eles estão participando.Não deve-se misturar futebol com carnaval nesse nivel.
 
Julio
Julio - 22 de Ferveiro às 15:45
la vem mais um falar do PT!! O que sr Alberto prova que o PT esta por trás disso?Pelo que sei nada. Uma festa popular para mostrar a cultura do pais e garantir o divertimento das pessoas infelizmente tornou-se briga de torcidas organizadas de clubes de futebol.
 
Alberto
Alberto - 22 de Ferveiro às 13:00
Interessante esta bagunça. Ta parecendo coisa arranjada pelo PT. Investigue que vai aparecer o PT no caminho. A finnalidade seria a PM, baixar o cacente e depois dizer que foi o governo de SP>
 
Geraldo
Geraldo - 22 de Ferveiro às 12:43
Este Kassab é o cara!Na sua administração é so TUMULTO e muita Bagunça.Ainda tem ótarios a Votar neste Cara.