SIGA O EM

EM realiza seminário com ministro para tirar dúvidas sobre reforma da Previdência

Internautas poderão participar enviando perguntas durante a transmissão

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 1122586, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Fabio Rodrigues Pozzebom/Agencia Brasil', 'link': '', 'legenda': 'No semin\xe1rio, Meirelles ir\xe1 expor seus argumentos sobre a proposta encaminhada pelo governo federal', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2017/05/15/869067/20170515164404355099e.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}]

postado em 15/05/2017 16:35 / atualizado em 15/05/2017 17:09

Estado de Minas

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agencia Brasil

Na próxima segunda-feira, 22, o jornal Estado de Minas realizará seminário com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, seguido de debate, para tirar dúvidas do leitor sobre a reforma da Previdência. Internautas poderão participar enviando perguntas durante a transmissão do Portal Uai e também pelas páginas do Portal Uai e do Estado de Minas no Facebook.

Meirelles vai expor seus argumentos sobre a proposta encaminhada pelo governo federal. Participarão do debate o secretário de Previdência do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano; o economista Paulo Tafner, pesquisador da FIPE/USP e professor; e o advogado, professor de Direito da Una, diretor jurídico da Anima Educação e presidente da Ação Brasileira de Cidadania e Democracia, João Batista Carvalho.


O debate será mediado pelo diretor de Redação do Estado de Minas, Carlos Marcelo Carvalho, e contará com a participação do subeditor de economia do EM Marcílio de Moraes. As participações nas redes sociais serão moderadas pelo editor de mídias convergentes dos Diários Associados, Benny Cohen.

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) foi aprovada na comissão especial da Câmara dos Deputados e agora vai para votação em dois turnos no plenário, ainda sem data marcada. Em seguida, a PEC será submetida ao Senado.

O evento será transmitido ao vivo pelo Portal Uai na próxima segunda-feira,  22, a partir das 9h, através do endereço www.uai.com.br/previdencia. O projeto Estado de Minas EM Pauta: Debate Reforma da Previdência é uma realização do jornal Estado de Minas, do Portal Uai e dos Diários Associados.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Daniel
Daniel - 16 de Maio às 09:01
A FALÁCIA DA REGRA DE TRANSIÇÃO: 30% DE PEDÁGIO ,QUE NA VERDADE É 110%! Um cidadão começou a trabalhar aos 15 anos em 1991. Hoje ele tem 41 ANOS DE IDADE e 26 ANOS DE CONTRIBUIÇÃO. Pelas regras atuais, deveria trabalhar 9 ANOS . Pela proposta do governo (pedágio de 30% idade mínima) ele teria que trabalhar MAIS 3 ANOS , ou seja, (9 3= 12 ANOS). Trabalhando esses 12 anos, terá 53 ANOS DE IDADE, porém, estará no ANO DE 2029, cuja idade mínima para se aposentar será 60 ANOS. Ou seja, terá que trabalhar ainda 7 ANOS, ou seja, 12 7=19 ANOS! De 9 p/ 19 anos, o pedágio será 110% !!!
 
Jorge
Jorge - 16 de Maio às 08:49
Ele pode até tirar dúvidas mas não os problemas.