Produção da indústria patina em Minas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 11/12/2013 06:00 / atualizado em 11/12/2013 06:39

Carolina Mansur

Depois das quedas registradas em junho e julho, a produção da indústria mineira cresceu pelo terceiro mês consecutivo em outubro, com avanço de 1,8% frente a setembro. Além de Minas Gerais, 10 estados apresentaram taxas positivas no mês: Ceará (3,8%), Pernambuco (2,9%), Pará (2,6%), São Paulo (2,5%), Paraná (2,1%), Espírito Santo (1,9%), Rio Grande do Sul (1,4%), Amazonas (0,9%), Santa Catarina (0,9%) e Goiás (0,66%). Nos últimos 12 meses, no entanto, a indústria mineira teve resultado inferior à média nacional, com queda de 0,1% ante aumento de 1% no Brasil. No acumulado do ano até outubro, o recuo chega a 0,8% frente ao crescimento de 1,6% no país, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Entre as principais influências negativas registradas no estado, está o desempenho do setor de veículos, com queda de 17,1%, pressionado pela menor produção de automóveis. No segmento extrativista, o recuo foi de 5,6%; na metalurgia básica de 2%; e no de bebidas, 8,3%. Por outro lado, as atividades a produção de bens de consumo e de capital exerceram as principais contribuições positivas. O setor de alimentos cresceu 11,6% e máquinas e equipamento registram alta de 20,2%.

Desempenho

Para Lincoln Fernandes, presidente do Conselho de Política Econômica e Industrial da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), embora o resultado do mês seja positivo, ele não deve ser suficiente para zerar o ano da produção industrial no estado.
Tags: