18°/ 30°
Belo Horizonte,
23/ABR/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Produção industrial de Minas cresce mais que a média nacional, aponta IBGE Setores de produtos químicos e de automóveis são os principais responsáveis por alavancar a economia mineira, de acordo com levantamento

Estado de Minas

Publicação: 09/10/2012 17:35 Atualização:

A produção industrial cresceu 3,3% em Minas Gerais entre julho e agosto deste ano segundo os resultados da Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física Regional do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgados nesta terça-feira (09).

Além de Minas Gerais, apenas outros cinco estados brasileiros também cresceram acima da média da nacional (1,5%), dentre as 14 localidades pesquisadas: Goiás, Amazonas, Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo.

Com isso, o Estado mineiro acumula ganho de 4,7% nos últimos três meses. Em relação a agosto de 2011, a produção industrial mineira avançou 4,6%. Oito, das treze atividades pesquisadas, apontaram o crescimento da produção.

Contribuições de peso

As principais contribuições positivas vieram dos setores de produtos químicos (52,6%) e de veículos automotores (14,1%), impulsionados em grande parte pela maior fabricação de inseticidas para uso na agricultura, no primeiro ramo, e de automóveis no último.

Vale citar ainda os avanços observados em refino de petróleo e produção de álcool (12,2%), indústrias extrativas (1,9%) e produtos têxteis (10,9%), justificados em grande parte pela maior produção de gasolina automotiva e gás liquefeito de petróleo (GLP), no primeiro ramo, minérios de ferro, no segundo, e tecidos de algodão crus ou alvejados, no último, de acordo com o levantamento realizado pelo IBGE.
Tags: celular

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.