18°/ 28°
Belo Horizonte,
24/ABR/2014
  • (13) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Caminhoneiros aderem à mobilização e bloqueiam rodovias em Minas Entre as reivindicações estão melhorias no valor do frete e cumprimento do horário de descanso entre as jornadas

Fernanda Borges

Publicação: 25/07/2012 09:56 Atualização: 25/07/2012 14:01

Caminhoneiros de Minas Gerais bloqueiam a BR-381, em João Monlevade, na Região Central do estado, no início da tarde desta quarta-feira em adesão a paralisação nacional da categoria liderada pelo Movimento União Brasil Caminhoneiro (MUBC). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a manifestação fecha parcialmente a pista, na altura do km 359. A PRF também informou que três pessoas foram detidas. Os transportadores também complicam o trânsito na BR-040, km 544, em Nova Lima, no sentido Rio.

Mais cedo, os caminhoneiros provocaram um congestionamento de 1,5 Km na BR-354, entre Arcos e Formiga, no Centro-Oeste. Também há registro de protesto em Perdigão,no Centro-Oeste e em São Sebastião do Paraíso, no Sul de Minas Gerais.

O presidente regional do MUBC no Estado, José Acácio Carneiro, disse que apesar da convocação em massa, a adesão ao movimento está dividida em Minas Gerais e ainda não há como precisar o percentual de trabalhadores parados, além das consequências em relação ao abastecimento à população. "Estimamos que 60% dos caminhoneiros aderiram ao movimento, mas ainda não temos um balanço", disse.

Já o Movimento União Brasil Caminhoneiro (MUBC) questiona a adesão dos transportadores a paralisação. O MUBC afirmou que a maioria dos transportadores optou por parar seus veículos nas suas garagens. "A permanência de tráfego de caminhões em diversas rodovias, dá a impressão de não ter havido a adesão prevista, o que parece ser verdadeiro", completa o comunicado.

O protesto é contra as várias regulamentações impostas pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), que ainda não se manifestou sobre o assunto. Entre as medidas criticadas, estão a que regulamenta a profissão, o cadastro de autônomos e outras mudanças que, segundo o MUBC, reduziram o valor do frete pago pelas empresas. Além disso, os caminhoneiros protestam contra a alta carga de impostos. “O governo considera que um caminhoneiro lucra 40% do que fatura. Mas 50% é só para pagar o diesel”, disse Carneiro.


A categoria questiona os direitos previstos na Lei nº 12.619/2012, aprovada no dia 14 de julho pela presidente Dilma Russeff, que disciplina a jornada de trabalho e o tempo de direção dos caminhoneiros. Entre os direitos concedidos, destacam-se o intervalo de 30 minutos, com o veículo estacionado, a cada quatro horas de direção contínua, remuneração do tempo de espera (carga e descarga) com base no salário-hora normal, acrescido de 30%, repouso diário mínimo de 6 horas consecutivas em alojamento externo ou na cabine leito com o veículo parado e remuneração de 30%.

Blitz
Fiscalização da PRF na BR-381, em Betim (Edésio Ferreira/EM/D.A/Press)
Fiscalização da PRF na BR-381, em Betim

Mais cedo, uma blitz educativa na barreira de fiscalização da PRF, na BR-381, em Betim, detectou 17 irregularidades referentes ao cumprimento da lei 12.619/2012, que regulamenta a jornada dos motoristas. A operação é realizada em todos os estados brasileiros para marcar o dia do motorista, comemorado hoje.

De acordo com o Ministério Público do Trabalho, 67 motoristas que trabalham com transporte de carga foram abordados e receberam orientações sobre a lei, que só será fiscalizada de forma repressiva, a partir do 1º de agosto. Durante a operação, também foram emitidos 28 autos de infração por descumprimento do Código de Trânsito e 15 documentos de veículos foram recolhidos por irregularidades no tacógrafo - equipamento obrigatório que marca a velocidade e o tempo de viagem. “As empresas também serão investigadas. Precisamos apurar se a conduta irregular é um padrão do empregador para tentar ocultar a jornada de seus trabalhadores”, afirma a procuradora do Ministério do Trabalho Adriana Souza.

Para auxiliar o MPT a identificar as empresas, durante as fiscalizações rotineiras da PRF, os agentes irão preencher Formulários de Constatação de Infração (FCI) com dados do condutor, da empresa e da infração constatada (prorrogação da jornada, intervalo para almoço, intervalo de 11 horas, entre outras).

Tags: celular

Esta matéria tem: (13) comentários

Autor: Wander Paiva
Porquê os caminhoneiro não fecham a entrada do congresso nacional, assembléias legislativas, esplanada dos ministérios. Os usuários da 381 já sofrem demais, rodovia da morte, acidentes, carga na pista, carreta tombada, corpos presos nas ferragens!!! Brincadeira!!!!!!! | Denuncie |

Autor: Wander Paiva
Está mais fácil anunciar o dia que a 381 está com trânsito fluindo. É acidente com carretas de manteiga, minério, cegonheiras, corpos presos as ferragens dos carros, carga na pista, excesso de veículos ou melhor, rodovia defasada, agora pra melhorar ainda mais os caminhoneiros fecham. Parece piada!! | Denuncie |

Autor: Francisco Júnior
Assassinos são estes domingueiros que saem da toca pra provocar acidentes com caminhões e por a culpa nos motoristas. | Denuncie |

Autor: marcio muzzi
Realmete Sr. Teo, precisamos urgente de ferrovias, mas tem que ser de iniciativa privada. Veja a VALEC que tongou bihões de dolares na ferroia norte sul e em 8 anos não chegou a 20% do seu trajeto. | Denuncie |

Autor: Julio Almeida
O respeito ao direito dos outros cidadaos...Esse povo adora descer o sarrafo em tudo mas deveriam comecar por eles mesmos...respeitando o direito do proximo. Vai fazer passeata em um local onde nao vai causar transtorno aos outros cidadaos...e vida ja e dura demais sem mais esse desrespeito..vergonha | Denuncie |

Autor: Julio Almeida
Ai e sempre Afonso Pena...quinta ou sexta feira...passeata de grevistas, porfessores, medicos, estudantes...o que quer que seja...sao pessoas que nao tem condicoes de viver em sociedade. Enchem a boca para chamarem a si mesmo cidadaos mas nao cumprem o preceito mais basico de uma sociedade: continua | Denuncie |

Autor: Julio Almeida
Todos tem o direito de reivindicar o que quer que seja, so nao tem o direito de afetar a vida do resto da populacao com esses movimentos. Costume de pais sem lei, onde o vale tudo impera. Em qualquer outro pais serio tente bloquear as ruas pra ver o que acontece...o pau come solto... | Denuncie |

Autor: domicio junior
Façam a greve que quiser,mas não interfiram no direito de ir e vir.BATALHÃO DE CHOQUE NELES. | Denuncie |

Autor: Fabio Torres
Não entendo como vcs publicam comentário deste que se intitula justiceiro. | Denuncie |

Autor: Anderson Portilho
GREVE !!!!! QUANDO É QUE O POVO DESTE BRASIL VAI COMEÇAR A FAZER GREVE CONTRA A MERDA DA CURRUPÇÃO ???? E DEPOIS FALAM QUE ESTAMOS NO CAMINHO DO DESENVOLVIMENTO... BOTA PARA QUEBRAR JOSE CARLOS VIANA.. | Denuncie |

Autor: JOSE CARLOS VIANA
Tá na hora de toda a sociedade civil organizada promover um movimento é contra a CORRUPÇÃO....... | Denuncie |

Autor: jus ticeiro
Esses caminhoneiros assassinos sempre fazendo merda nas estradas... | Denuncie |

Autor: Teo Fernandes
O país precisa urgentemente voltar com as ferrovias. Só um idiota não vê isso. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.