SIGA O EM

Jucá quer saber se dedução de salários de domésticas no IR vai prejudicar arrecadação

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 06/03/2012 14:48

Agência Brasil

O senador Romero Jucá (PMDB-RR) vai pedir informações à Secretaria da Receita Federal (SRF) sobre o impacto que haveria na arrecadação com a aprovação de projeto de lei, que tramita no Senado, que aumenta de um para três salários mínimos a dedução no Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) dos salários de empregadas domésticas, para efeito de restituição do Imposto de Renda.

A proposta, de autoria do senador Roberto Requião (PMDB-PR) foi discutida hoje na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE), mas a votação foi suspensa por um pedido de vista do senador Romero Jucá.

De acordo com a relatora do projeto, senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), que apelou ao senador para que ele desistisse do pedido de vista, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, comemorado dia 8, alegou que apenas 22% das empregadas domésticas têm carteira assinada. A senadora disse que a dedução dos gastos com as domésticas no IR aumentaria a arrecadação, já que, segundo ela, aumenta a formalização, ao contrário do que teme Romero Jucá.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.