17°/ 34°
Belo Horizonte,
16/SET/2014

Metalúrgicos da Renault fecham maior acordo salarial do setor privado do país Eles vão ter 20,19% de aumento real. Também é prevista PLR de R$ 61,5 mil

Estado de Minas

Publicação: 30/08/2011 06:00 Atualização: 30/08/2011 08:00

O maior acordo salarial do país foi fechado nessa segunda-feira, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (PR). Os metalúrgicos da montadora Renault, depois das negociações, conseguiram aprovar aumento real acumulado nos salários de 20,19%, além de pagamento de R$ 61,5 mil referentes a abono e participação em lucros e resultados (PLR). Os pagamentos serão parcelados em três anos. A assembleia que comemorou o acordo foi feita na porta da fábrica da montadora, na tarde dessa segunda-feira.

O índice de 20,19% será pago escalonadamente entre este ano e 2013. Até dezembro, serão pagos 2,5% de aumento real mais 100% da inflação acumulada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) em 12 meses, aplicados em setembro. O restante será pago em 2012 e 2013. Os R$ 61,5 mil de PLR e abono também serão divididos no decorrer de três anos.

O Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba (SMC) informou que “o acordo sela definitivamente (...) a nova modalidade

 (Felipe Rosa)
de negociação para o país (...) inaugurada (...) na Volkswagen, em maio, de se fechar pacotões salariais com prazos mais longos e sinaliza o amadurecimento da relação entre capital e trabalho”. A assessoria de imprensa da montadora confirmou o acordo e deve publicar uma nota oficial nas próximas horas.

Segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o acordo foi o maior fechado entre patrões e empregados do setor privado no país. “De fato é o maior acordo de PLR do setor privado no país, superando o da própria montadora Volvo, celebrado em Curitiba neste ano, e que previu PLR de R$ 15 mil para cada trabalhador", afirmou o economista Cid Cordeiro, do Dieese no Paraná. Ele lembra que acordos com metalúrgicos da Volvo e Renault estão sendo possíveis diante do “aquecido mercado interno” registrado pelo setor automotivo.

“Um mercado automotivo mantém a produtividade das fábricas em alta. Isso gera um lucro enorme para as montadoras, o que faz com que os sindicatos de trabalhadores se dirijam à mesa de negociações para buscar sua parte nos lucros”, disse Cordeiro.

Linha de produção

A fábrica da Renault em São José dos Pinhais (PR) conta com 5,7 mil trabalhadores diretos e capacidade de fabricar 224 mil veículos por ano. Atualmente, são produzidos os modelos Novo Renault Sandero, Novo Renault Sandero Stepway, Logan e Grand Tour, além de 10 milhões de peças anuais que alimentam os mercados brasileiro e argentino.

As exportações representam 41% da produção, tendo como destinos as fábricas da Renault na Argentina (22%), Colômbia (13%), Romênia e México (4%). Neste ano, a montadora comemorou a marca de 1 milhão de carros produzidos desde a inauguração em 1998. A empresa ocupa o quinto lugar no ranking nacional das montadoras.

 

5% no abc

Em assembleias realizadas no domingo, os metalúrgicos do ABC paulista e de Taubaté garantiram aumento real de 5%, a ser pago em duas parcelas, este ano e em 2012, mais o percentual acumulado da inflação e abono de R$ 2.500. Ficou acertado o pagamento de um reajuste total de 10% neste ano, composto pela reposição da inflação acumulada no último ano mais um ganho real de 2,55%. Em 2012, haverá a reposição da inflação e 2,39% de reajuste real.

Esta matéria tem: (2) comentários

Autor: Rodrigo Ferreira
E a Fiat que se diz lider de mercado deu 3 mil de plr e tá dando folga alegando que o patio está cheio justamente no mes de negociação do salario. kkkkkkk por isso nunca entra nos estados unidos! | Denuncie |

Autor: Daniel Lages
Trbalhei na Fiat por 10 anos e o máximo da PLR que recebi foi aproximadamente um R$ 4.000. Cadê a PLR da Líder de vendas????? E viva o Sindicato de Betim! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.