Publicidade

Estado de Minas

As três perguntas que todo empresário deveria responder antes de abrir ou comprar um negócio

Muitas pessoas acham que serão donas do seu próprio tempo, quando na realidade trabalharão muito mais do que se tivessem um emprego


postado em 11/09/2017 18:00

(foto: Dino)
(foto: Dino)
Quando o assunto é abrir um negócio, o Brasil é um dos países com pior cenário para empreendedores. Uma empresa brasileira gasta, em média, 79 dias para abrir, 2.038 horas por ano pagar seus impostos e 425 dias para obter alvarás de construção. Enquanto isso, em países como o Chile, gasta-se 5 dias para abrir uma empresa, 291 horas para pagar impostos e 152 dias para obter alvarás.

Dessa forma, abrir e manter uma empresa no Brasil não é tarefa simples. Dados do SEBRAE apontam que mais de 20% das empresas são fechadas antes de completarem 2 anos de atividade.

De acordo com Felippe Ferreira, fundador do Meu BiZ , especializado em compra e venda de empresas, existem formas de minimizar o risco de abrir um negócio. "Empreender é excelente e é o sonho de muitos brasileiros, mas o empreendedor precisa saber se tem o perfil e se está preparado para os desafios de ter uma empresa própria", afirma.

A primeira questão que o empreendedor deve analisar é se está pronto para os altos e baixos. A vida de um empresário é uma montanha russa de emoções. Num dia se sente como um rei e, no outro, pensa em desistir e vender tudo.

Segundo Felippe, a primeira mudança que o candidato a empresário sente ao abrir seu negócio é no seu estilo de vida. "Muitas pessoas acham que serão donas do seu próprio tempo, quando na realidade trabalharão muito mais do que se tivessem um emprego", aponta. A saída é programar as expectativas para que não haja surpresas ao se tornar empresário.

A segunda pergunta que o empreendedor deve responder é por que ele quer abrir ou comprar uma empresa . Gostaria de ser seu próprio chefe, ganhar mais dinheiro, mudar o mundo? Ótimo, mas é preciso ter em mente que, para ser bem sucedido no mundo empresarial, é necessário muito mais do que razões para empreender.

É fundamental que se tenha paixão por resolver o problema que o negócio se propõe. Isso é o que manterá o empresário motivado nos momentos mais duros do negócio, os momentos em que a vontade de desistir fala mais alto. Felippe afirma ser possível saber se um empresário será bem sucedido observando como ele fala sobre os problemas que seu negócio soluciona. "A pessoa mais inteligente do mundo pode falhar em um negócio se ela não estiver sempre apaixonada por resolver problemas?, complementa Felippe.

Por fim, a terceira questão a ser analisada é se o empresário é um bom vendedor. Isso porque um empreendedor nunca para de vender, ainda que tenha a função mais técnica ou gerencial no negócio. O empresário é responsável por vender sua visão aos colaboradores, comunicar valor aos clientes e vender ideias aos investidores.

De acordo com Felippe, essa competência é fundamental até mesmo no momento em que o empresário quer sair do negócio, ou seja, vender a empresa. "Todos os dias converso com empreendedores que não sabem como vender seu negócio , e é aí que podemos ajudá-los", conclui.

Website: https://meubiz.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade