Publicidade

Estado de Minas

F5 é apontada pelo Gartner como Líder do Quadrante Mágico de Firewalls para Aplicações Web (WAF)


postado em 22/08/2017 11:15

A F5 Networks, fornecedora de soluções de ADN (Application Delivery Networking) ? tecnologia que garante a entrega de aplicações rodando em ambiente Web ? foi apontada como líder no Quadrante Mágico do Gartner de Firewalls para Aplicações Web (WAF). De acordo com os analistas do Gartner, os WAFs devem proteger aplicações web e APIs contra uma variedade de ataques, isso inclui ataques de negação de serviço (DoS) na camada de aplicação. Outro ponto importante é que as soluções WAF devem, também, proporcionar proteção baseada em assinatura, e ainda, suportar modelos positivos de segurança e/ou detecção de anomalias.

Ben Gibson, Vice-presidente Executivo e Chief Marketing Officer da F5, ressalta que a solução de Application Security Manager ? o WAF da empresa ? sempre foi um dos produtos mais populares da F5 e, que cada vez mais, diversos clientes têm confiado nela para proteger seus apps contra ameaças e vulnerabilidades.

O executivo conta, ainda, que a F5 expandiu seu portfólio de ofertas para atender as reais necessidades de seus clientes, na nuvem, garantindo a mesma expertise e segurança do WAF tradicional. "Agora contamos com um serviço gerenciado via Silverline WAF, além de um portal de autosserviço ágil e de fácil implementação via Silverline WAF Express. Temos, ainda, o Microsoft Azure como um serviço 'clique para implementar' em mercados de nuvem pública", disse Gibson.

Para Ben Gibson, essa colocação no Quadrante Mágico reflete a confiança depositada pelos clientes nas soluções de WAF da F5 ao protegerem suas aplicações on-premises e, de maneira crescente na nuvem.

O texto completo do relatório Quadrante Mágico de Firewalls para Aplicações Web 2017 pode ser acessado em https://interact.f5.com/F5_GartnerMQ2017_WAF.html

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade